Primeiro grupo norte-americano negro a subir o Everest chega ao cume e faz história!

Por redação

equipe Everest
A equipe Full Circle no Monte Rainer em julho de 2021 - Foto: reprodução Full Circle

A equipe norte-americana/queniana fez história no mundo do montanhismo! Nesta quinta-feira, 12 de maio, o grupo de alpinistas se tornou o primeiro totalmente negro a chegar ao cume do Monte Everest. As notícias da subida pioneira surgiram por volta da 1h CDT (GMT-5).

+ Primeiro grupo norte-americano negro a subir o Everest: conheça a expedição

+ Aventureiros negros que estão nos inspirando e que você precisa conhecer

+ Afinal, por que há tão poucos surfistas negros?

Jiban Ghimire, diretor administrativo da Shangri-La Nepal Treks disse que “pelo menos seis da equipe chegaram ao cume junto com seus guias”. Não está claro quem da equipe chegou ao topo – atualizaremos esta história assim que houver confirmação.

Primeira equipe negra a subir o Everest!

Nove montanhistas negros, sendo sete homens e duas mulheres, compõem a equipe de escalada da expedição Full Circle Everest. São eles Phil Henderson, Manoah Ainuu, Fred Campbell, Abby Dione, James “KG” Kagambi, Thomas Moore, Desmond “Dom” Mullins, Rosemary Saal e Eddie Taylor .

De acordo com Ghirme, oito sherpas guiaram a missão ao cume. O fotógrafo de expedição Evan Green, assim como a técnica de expedição Adina Scott, que não participou da escalada, completam a lista do Full Circle.

Segundo o site da equipe, apenas 10 alpinistas negros já escalaram a montanha. Dessa forma, a conquista histórica ao pico mais alto do mundo quase dobrou o número de cumeeiros negros que já chegaram ao topo do Everest ao longo de toda a história.

Para o sucesso, os alpinistas passaram por 40 dias de aclimatação, meses de arrecadação de fundos e anos de preparação.

“Há uma falta de representatividade de negros no montanhismo e no montanhismo de alta altitude”, disse Henderson à NPR . “Há tão poucos de nós neste nível que é nosso dever, de certa forma, levar isso para nossas comunidades, para nossos jovens, além de falar sobre os benefícios de estar ao ar livre, se conectar com a natureza e ter um estilo de vida saudável ao longo da vida”, completou.

-Publicidade-