Jogos Olímpicos: Japão cogita exigir teste e vacina para torcida

Mais Lidas

A organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio estaria cogitando permitir a entrada de torcedores nas arenas de competição mediante apresentação de testes negativos ou comprovante de vacina para a Covid-19. A informação foi divulgada pelo jornal local Yomiuri.

O porta-voz do Comitê Organizador japonês, Katsunobu Kato, disse, entretanto, que não existe ainda decisão oficial nesse sentido, mas admitiu que “para fazer dos Jogos um sucesso é necessário levar em conta o sentimento das pessoas”.

No momento, a opinião pública tende a criticar a realização da competição, em movimentos que unem críticos, ativistas e médicos. Uma pesquisa recente indica que mais de 60% da população é a favor do cancelamento dos Jogos Olímpicos. Recentemente, um documento pedindo a não realização do evento juntou mais de 200 mil assinaturas.

Enquanto a cidade de Tóquio vive novamente em estado de emergência, graças ao aumentos de casos da doença na região da capital japonesa, e com restrições de circulação até 20 de junho, as dúvidas permanecem. A estreia dos Jogos Olímpicos está marcada para o dia 23 de junho.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) e o Comitê Organizador dos Jogos já afirmaram que a vacina não será obrigatória para os atletas, e que essa decisão será de cada país participante. O Brasil, por exemplo, está aplicando e incentivando as doses – muitas delas doadas pelo COI ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A possível decisão de exigir o comprovante de vacinação ou testes negativos do público presente nos eventos tem sido vista como uma resposta às comunidades local e internacional, que cobram mais transparência dos organizadores, além de medidas que garantam a segurança sanitária do maior evento esportivo mundial.

Essa edição dos Jogos Olímpicos deveria ter sido realizada no ano passado, mas foi adiada por conta da pandemia. A nova edição está prevista para acontecer entre os dias 23 de julho e 8 de agosto deste ano. Os Jogos Paralímpicos acontecem na sequência, de 24 de agosto a 5 de setembro de 2021.


Últimas Notícias