Henrique Avancini termina em 13º no ciclismo MTB

Mais Lidas

Número 3 do mundo, o brasileiro Henrique Avancini buscou, nesta segunda-feira, 26, uma medalha na prova de Ciclismo Mountain Bike Cross-Country, nas olimpíadas de Tóquio.

Após uma intensa prova – que contou, inclusive, com uma queda do favorito ao ouro, o britânico Thomas Pidcock, resultando em sua saída da prova antes de completá-la, o brasileiro acabou ficando fora do pódio, cruzando a linha de chegada em 13º.

Henrique Avancini tenta medalha inédita no mountain bike na Olimpíada
Henrique Avancini tenta medalha inédita no mountain bike na Olimpíada

Leia também:

Avancini busca feito inédito na Olimpíada com mountain bike

Guia das Olimpíadas: tudo sobre ciclismo em Tóquio

Brasil vai sediar etapa da Copa do Mundo de Mountain Bike em 2022

Na reta final, Avancini tentou ficar entre os dez primeiros, mas não conseguiu. Apesar disso, Henrique detém a marca de melhor posição de um brasileiro no mountain bike nas Olimpíadas, superando Jaqueline Mourão, em Atenas-2004, que ficou em 18º.

Mais Brasil no Ciclismo MTB

Luiz Henrique Cocuzzi também representou o Brasil na prova, chegando na 27º posição.

-Publicidade-

Últimas Notícias