Usain Bolt sofre golpe milionário e perde dinheiro da aposentadoria

Crédito editorial: Petr Toman / Shutterstock.com

A lenda do atletismo, Usain Bolt, foi vítima de golpe em um fundo de investimento na Jamaica, seu país natal. O dinheiro tinha como objetivo servir como aposentadoria do ex-atleta. As informações foram divulgadas por um jornal local.

Leia mais:

+ Quer entrar em forma? Mantenha sua corrida simples e consistente

+ 26 coisas que você provavelmente não sabia sobre corrida

+ 4 destinos para pedalar e surfar no mesmo dia

O valor de US$12,7 milhões (o equivalente a R$65,7 milhões na cotação de hoje 19/01) desapareceu da conta do multi-campeão olímpico. Segundo seu advogado, eles foram informados na semana passada pelo fundo Stocks and Securities LTDA (SSL) que o saldo da conta do ex-atleta diminuiu para apenas 12 mil dólares.

O caso está sendo investigado pela Comissão de Serviços Financeiros da Jamaica. Responsáveis pelo fundo de investimento, entretanto, afirmaram que houve uma investigação interna que identificou um ex-funcionário como sendo o responsável por uma “fraude massiva”.

Dono dos recordes mundiais dos 100 e dos 200 metros rasos, Usain Bolt se aposentou das pistas em 2017. Além dele, mais de vinte e cinco clientes também foram fraudados.

“Em um mundo de mentiras… Onde está a verdade? O mal da história? Qual é a raiz?? Dinheiro”, escreveu Bolt sobre o golpe em seu Instagram.

O recordista ainda tenta recuperar o dinheiro. Seu advogado Linton Gordon informou à Reuters que eles estão dispostos a levar o caso à Justiça, se necessário.

“É uma grande decepção, e esperamos que o assunto seja resolvido de forma que o Sr. Bolt recupere seu dinheiro e possa viver em paz”, disse Gordon à Reuters.

O ministro das Finanças, Nigel Clarke, disse na noite de terça-feira (17) que a SSL supostamente cometeu “fraude alarmante e perversa” e que as autoridades “levariam todos perpetradores à justiça”.







Acompanhe o Rocky Mountain Games Pedra Grande 2024 ao vivo