Os melhores treinos para emplacar durante viagens

É época de viajar para ver a família e os amigos – o que pode ser ótimo para a alma, mas ruim para a rotina de treinos. Durante este período, manter a disciplina nos exercícios é uma tarefa complicada, até mesmo para os corredores mais dedicados.

Longos voos e viagens de carro podem deixar as pernas rígidas. Outras vezes, o destino será um território completamente desconhecido para a corrida. Sem falar da sobremesa da avó, uma tarde de preguiça na praia e outras tentações típicas de um grande passeio.

Veja também:
+ Como amenizar o impacto na corrida
+ As aventuras do empresário Bernardo Fonseca no universo outdoor
+ 6 maneiras de turbinar o bom humor e deixar sua corrida mais divertida
+ Como começar a correr e realmente gostar do esporte

A boa notícia é que, com uma boa dose de planejamento e flexibilidade, é perfeitamente possível encontrar o equilíbrio ideal entre aproveitar a viagem e permanecer fiel com sua rotina de treinos. Basta encaixar um trote mais curto entre um passeio e outro, por exemplo.

De acordo com especialistas, apenas 15 minutos de exercícios por dia são suficientes para manter a saúde em dia e o condicionamento básico durante uma viagem. Por isso, respire fundo, relaxe, e siga as dicas abaixo para manter o ritmo na corrida mesmo longe de casa.

Correr durante a viagem também é uma boa chance para explorar novos terrenos.
1. Pegue leve

Muitas vezes você vai viajar para um ambiente hostil para a corrida ou está muito ocupado para correr. A menos que você esteja treinando para uma prova específica, uma semana com treinamento reduzido terá um efeito mínimo na sua forma física. Segundo especialistas, o destreinamento normalmente ocorre após duas semanas ou mais de treinamento perdido. Assim, viajar pode ser o momento ideal para reduzir o ritmo ou fazer uma pequena pausa nos treinos, especialmente se você não estiver viajando com frequência. Quando voltar de viagem, pode facilmente retomar a sua rotina.

2. Inclua a corrida na programação

Treinar pode se tornar algo ainda mais desafiador quando você está viajando com
a família ou amigos. A maneira mais fácil de encaixar seu treino na rotina é torná-lo a primeira atividade do dia. Se você optar por treinar mais tarde, inclua os chegados de alguma maneira – por exemplo, desafie seus filhos a andarem de bicicleta ao seu lado, enquanto você corre. Se tiver apenas alguns minutos para treinar, não caia na armadilha de pensar que “não vai valer a pena”. Qualquer coisa que ative seus músculos e/ou faça seu coração bater mais forte já vale o sacrifício.

3. Planeje com antecedência

Se você estiver viajando para um nova cidade, faça algumas pesquisas em sites e blogs e encontre rotas legais para a corrida. Procure por clubes de corrida locais e peça sugestões de caminhos seguros. Se você estiver hospedado em uma pousada, peça ideias aos proprietários também: na maioria das vezes, as pessoas ficam muito felizes em mostrar sua cidade.

4. Corra antes que o tempo passe

O tempo geralmente voa durante uma viagem. É fácil passar várias horas em um passeio no museu ou na praia. Você também não vai querer perder essas experiências valiosas e divertidas apenas para fazer uma corrida. A solução mais simples é correr antes que o itinerário do dia fique cheio. Definir um alarme, arrumar suas roupas na noite anterior e planejar sua rota com antecedência economizará seu tempo.

5. Use um tênis adequado

Tênis para exercícios físicos não faltam, mas é importante utilizar um modelo específico para a corrida. É mais um elemento para te proteger de lesões, uma vez que estes calçados possuem níveis de amortecimento maiores. Antes de escolher, fique atento ao tipo de pisada do pé: a pronada (para dentro), a supinada (para fora) ou a neutra. Existem modelos para cada tipo. Consulte um especialista antes.

6. Ajuste seu ritmo

Dependendo do destino, você pode mudar de fuso horário ou viajar para uma altitude maior (ou ambos). Diferentes fusos horários e altitudes podem representar desafios a mais para a corrida. Essas mudanças drásticas podem atrapalhar seu ritmo circadiano e dificultar o sono. Por isso, esteja com a cabeça no lugar e prepare-se para correr mais devagar do que o normal.

7. Hidrate-se e coma bem

Viagens aéreas e longas horas fora de casa também podem contribuir para a desidratação. Isso fará com que as corridas pareçam lentas e desagradáveis. Uma atenção especial à hidratação vai garantir energia extra nas corridas. Além disso, viagens movimentadas podem alterar os hábitos alimentares. Se você estiver correndo no final do dia, estar com muita fome pode fazer com que sua corrida se torne um fardo. Uma solução simples é levar pequenos lanches saudáveis com você ao longo do dia para que sua energia permaneça sempre alta que correr.

Leve com você

Reserve um espaço na sua mala com esses equipos para a corrida

Glycerin 20, tênis da Brooks com amortecedor de impacto que garante conforto aos pés.

Glycerin 20 – Pra quem concorda que amortecimento nunca é demais, o Glycerin 20, da Brooks, traz nitrogênio injetado na entressola, uma tecnologia que proporciona conforto máximo na corrida ou mesmo num passeio ao ar livre.
R$ 849 | centauro.com.br

Pochete de corrida – As pochetes nunca saem de moda (ou saem?). Enfim, um acessório destes é fundamental para a segurança em uma viagem, ainda mais se você precisa levar consigo documentos, cartões e dinheiro. Há alguns modelos específicos para corredores, como a pochete performance da Olympikus.
R$ 59,99 | centauro.com.br

Protetor Solar – Esteja preparado para enfrentar todas as condições climáticas em uma corrida. Inclusive o sol escaldante. Esse protetor da Suntech foi desenvolvido para esportistas, com cinco horas de proteção e resistência à água e ao suor.
R$ 47,90 | centauro.com.br


Camelbak – Já falamos sobre a importância de estar sempre hidratado em uma viagem. Essa mochila camelbak Octane Dart, com reservatório de 1,5 litro, é pequena e compacta, ideal para te garantir água em todos os tipos de corrida – sem acrescentar muito peso.
R$ 645 | centauro.com.br

Óculos de sol – Leve e resistente, o óculos Flak 2.0, da Oakley, é feito para esportitas e te garante proteção e conforto ocular durante a corrida.
R$ 449 | centauro.com.br







Acompanhe o Rocky Mountain Games Pedra Grande 2024 ao vivo

Mais Conteúdos

7 dicas sobre como respirar melhor na corrida

Respirar bem e corretamente durante a corrida faz toda a diferença, pois o aparelho respiratório atua associado ao sistema cardíaco. Conforme o ritmo vai...

Strava terá recursos de inteligência artificial e plano familiar

Se não está no Strava, não aconteceu, certo? Bem, o Strava está prestes a lançar mais recursos para ajudar seus usuários a fazerem com...

Por que o tempo durante o exercício parece passar mais devagar? A ciência explica

Cientistas estão descobrindo que a percepção subjetiva do tempo durante o exercício é mais complexa do que se esperava + Quanto tempo de exercício físico...

6 dúvidas comuns sobre o treino de corrida na esteira

Dá para manter a regularidade nos treinos e até aquela prova na agenda correndo na esteira. Se você torceu o nariz, não está sozinho....