Dora Varella celebra sua participação no STU National

Dora Varella celebra sua participação no STU National
Foto: Marcos Duarte

Considerado o maior campeonato da América latina, O STU National estreia as competições brasileiras de skate em 2022 com a etapa Criciúma, acontecendo entre os dias 13 e 23 de janeiro, em Santa Catarina. A competição válida pela Confederação Brasileira de Skate (CBSK), vale pontuação máxima para o ranking nacional nas modalidades Street e Park, e dentre os diversos atletas olímpicos que foram confirmados, a skatista Dora Varella, finalista que alcançou a 2º posição do ranking no STU Open Rio, em dezembro do ano passado, celebra sua participação em seu primeiro campeonato do ano.

+ Jaqueline Mourão se torna recordista do Brasil em participações olímpicas

+ Palco da 2ª etapa do Mundial de MTB, Petrópolis é celeiro de grandes ciclistas

+ Entrada de El Salvador e final em Lower Trestles entre as novidades do CT em 2022

A modalidade Street abriu a competição na primeira semana, entre os dias 13 e 16 de janeiro. Seguindo a programação divulgada pelo evento, Dora estreia no circuito representando o skate Park, modalidade que está prevista para acontecer entre os dias 20 e 23 de janeiro.

“Estou animada para estrear nas competições do ano, e começar com STU, na etapa em Criciúma, vai ser legal demais. Mais um ano participando desse circuito que contribui para a constante evolução do skate park no Brasil. Sou bicampeã brasileira (2020 e 2021) e já estou por aqui treinando e vibrando com a energia da galera. Animada para ser tricampeã brasileira em 2022! ”, afirma a skatista.

A atleta que iniciou no esporte como diversão aos 10 anos de idade, hoje é uma das representantes do Skate Park na categoria feminina e atualmente ocupa a nona posição do Top 10 do ranking da World Skate. Muito além da trajetória de destaque no esporte, Dora também é reconhecida por apoiar e incentivar seus adversários, no intuito de elevar o nível do skate. Sua empatia fez com que a atleta olímpica ganhasse ao lado da skatista Yndiara Asp, o prêmio de Fair Play das Olimpíadas de Tóquio 2020. A premiação é o reconhecimento do Comitê Internacional de Flair Play (CIFP), como consequência de sua reação empática em relação às quedas de suas adversárias, obtidas na última manobra da volta que definiria a distribuição das medalhas.

-Publicidade-