Como lavar seu mochilão

Por Redação

Foto: shutterstock

Sabe aquele mochilão que já passou por quase tudo nessa vida e você não sabe como lavar?

Pois é. Aquele seu companheiro de guerra que já armazenou cada gota de suor salgado das trilhas, roçou em todos os tipos de plantas das mais diversas vegetações, foi jogado no meio de caminhos lamacentos quando as costas pediam socorro e ainda absorveu a comida e até mesmo o shampoo que estourou lá dentro precisa de atenção.

+ Dicas de sucesso para otimizar seu mochilão

+ Glamping: confira opções de hospedagem dentro e fora do Brasil

+ 4 destinos para pedalar e surfar no mesmo dia

Sim, a mochila de viagem e trilha tende a virar um caleidoscópio de sujeira em questão de pouco tempo de uso. E pode ser complicado saber quando ou como lavar uma mochila. Então saiba: se a sua passou por poucas e boas, ela já está atrasada para uma limpeza.

Por que você deve lavar sua mochila

Você pode até se orgulhar do exterior desgastado da sua mochila, mas, ao longo do tempo, os óleos e os raios UV do sol podem degradar o tecido, tornando-o mais suscetível a rasgos. Zíperes e fivelas também podem oxidar com o tempo e, dessa forma, tendem a quebrar ou falhar. Além disso, quando se derrama comida ou migalhas, mini criaturas não hesitarão em roer o nylon para um lanche. Portanto, a lavagem periódica prolonga a vida útil da sua mochila, economizando dinheiro a longo prazo.

Quando lavar a mochila

É mais fácil remover a sujeira e as manchas quando elas ainda estão frescas. Evite danos a longo prazo na mochila, faça manutenção regular do zíper e limpe manchas ou acúmulo de pólen ao chegar em casa da caminhada. Vale mais a pena fazer uma lavagem suave logo depois da trilha ou após poucas trilhas do que uma lavadona completa pós-temporada que vai te dar mais trabalho e talvez não seja capaz de reverter os danos causados. É como diz o ditado “é melhor prevenir do que remediar”.

Foto: shutterstock

O que você precisará

Você não pode simplesmente jogar sua mochila na máquina de lavar com o resto da roupa da semana. Isso porque máquina pode danificar sua mochila, além de raspar sua proteção externa de poliuretano – mesmo na configuração do ciclo delicado. Além disso, quando resíduos de detergente, suor e raios UV entram em contato, eles formam uma reação química que aumenta a velocidade com que os tecidos se quebram. Por isso, é melhor ficar com uma boa lavagem à mão. Aqui está o que você vai precisar:

  1. Sabão neutro. Certifique-se de que é livre de fragrâncias ou aditivos. Detergentes fortes podem danificar o tecido e os revestimentos protetores de sua mochila. Sabão de Castela, xampu de bebê ou qualquer sabonete feito especificamente para limpar tecidos técnicos também são boas opções.
  2. Toalha ou esponja limpa
  3. Escova de dentes usada ou escova com cerdas macias. Para proteger o revestimento protetor de sua mochila, use-o com moderação.

Como lavar seu mochilão

Antes de começar a limpeza, certifique-se de que sua mochila esteja totalmente vazia. Sacuda as migalhas que estão escondidas nos bolsos ou no fundo, verifique bem a parte interna e aspire qualquer sujeira ou areia das fendas de sua mochila. Verifique todas as etiquetas ou rótulos para obter instruções de limpeza específicas do fabricante: O que é adequado para uma mochila pode não ser para outra.

Se a sua mochila estiver um pouco empoeirada, você pode fazer uma limpeza leve. Mas se ela estiver pedindo socorro após várias temporadas de fumaça de fogueira, sujeira ou manchas, opte por uma lavagem completa. Ambas as limpezas devem começar com a mochila totalmente vazia e todos os bolsos ou compartimentos abertos.

Limpeza suave:

  1. Use um pano úmido para limpar as migalhas de dentro da sua mochila.
  2. Aplique uma pequena quantidade de sabão no pano e use-o para remover manchas superficiais do lado de fora da mochila. Faça mais espuma se isso não for suficiente para limpar sua mochila.
  3. Use água morna (não quente) para enxaguar o sabão da sua mochila.
  4. Verifique se há sujeira, migalhas ou qualquer coisa que possa danificar os zíperes. Use um pano seco ou esponja

Limpeza completa:

  1. Remova o cinto do quadril e as alças dos ombros (se sua mochila permitir) e lave-os separadamente com sabão e toalha – ou passe a escova em pontos particularmente sujos. Preste atenção com o atrito do tecido com a sua pele para não se ferir.
  2. Remova a armação de metal da mochila (novamente, se a mochila permitir).
  3. Mergulhe sua mochila em uma banheira, bacia ou pia cheia com aproximadamente 15 cm de água morna e adicione uma pequena quantidade de sabão (1 a 2 colheres de sopa). Deixe sua mochila de molho por um minuto ou dois.
  4. Agite sua mochila ao redor da água vigorosamente para limpar tanto o interior quanto o exterior. Se você tiver manchas problemáticas ou manchas endurecidas que não estão sendo limpas apenas com água e sabão, use sua escova ou pano suavemente para resolver isso. Sempre com cuidado para evitar rasgar os bolsos de malha ou compartimentos externos.
  5. Escorra a água suja. Encha a bacia novamente com 6 polegadas de água limpa e morna. Enxágue bem e repita quantas vezes forem necessárias para se livrar completamente do sabão e da sujeira.

    Foto: shutterstock

Removedor de manchas

Sua mochila não precisa ser um livro de memórias de manchas ao longo de sua carreira de trilheiro. Molhe a esponja, adicione um pouco de sabão e esfregue levemente a bolsa para remover a mancha. Enxágue a espuma com água morna. Você pode fazer isso durante limpezas suaves e completas também.

Tire as sujeiras dos zíperes

Lama endurecida, poeira e restos de alimentos podem comprometer a vida útil do seu zíper. Mas na maioria das vezes você não precisa se apressar para substituir o item.

Para lavá-lo, molhe o pano ou a esponja, adicione um pouco de sabão neutro e esfregue nos pontos sujos. Você não precisa fazer muito mais que isso: produtos químicos agressivos e cerdas fortes de escova podem remover o revestimento protetor do zíper e até corroer o próprio metal.

Uma mochila com zíper estourado é inútil. As limpezas regulares prolongarão evitam que o pior aconteça. Não espere até o final da temporada para resolver essa questão; faça isso assim que puder.

Desinfetando sua mochila

Ei. Você não cuidava dos pés e agora tem frieira. Infelizmente, os esporos de fungos podem ser transferidos facilmente do pé para a meia e, eventualmente, para a mochila. É preciso muito para expulsar esse fungo irritante, e mergulhar sua mochila em água fervente ou água sanitária pode danificá-la. Sua melhor aposta é lutar com desinfetantes sem alvejante, como os fabricados pela Lysol .

Limpe todo o interior e exterior da sua mochila, certificando-se de chegar aos zíperes, costuras e todos os locais de difícil acesso. Lembre-se, os esporos de fungos são pequenos e podem viver confortavelmente nos cantos e recantos da sua mochila. Certifique-se de que sua mochila secou completamente antes de colocar qualquer coisa de volta nela.

Secando sua mochila

Pode parecer tentador pendurar sua mochila no quintal e deixá-la secar ao sol. Não faça isso — a luz UV pode degradar o tecido. Não coloque na secadora também. Mesmo em temperatura baixa, o calor da secadora pode danificar o tecido da mochila, deformar os zíperes e derreter o revestimento de poliuretano.

Em vez disso, abra todos os bolsos e areje sua mochila dentro ou em um local com sombra do lado de fora. Você pode usar uma toalha para absorver o excesso de umidade se a mochila estiver encharcada após o banho. Ela vai secar mais rápido se você pendurá-lo de cabeça para baixo também.

-Publicidade-