Perdeu o ânimo para correr? Saiba como encontrá-lo novamente

Por Redação

intensidade ou volume na corrida?
Foto: Shutterstock.

Se você gosta de correr, existe outra certeza na sua vida além da morte: períodos ocasionais de motivação em baixa.

Pode ser o cansaço, a garoa lá fora ou simplesmente preguiça, mas acontece: às vezes a gente não tem vontade de correr.

Veja também
+ 4 maneiras de tornar sua corrida mais sustentável
+ Trekking, MTB, rapel e remo: 4 atrações imperdíveis da Serra da Canastra
+ 5 alimentos eficazes no combate à cãibra muscular

Por isso, confira a seguir quatro dicas para aqueles dias em que o desânimo bater. Você sabe que depois de calçar o tênis e sair para treinar, não vai se arrepender!

MUDE O CENÁRIO

Até uma mudança minúscula – como correr em um percurso familiar, mas no sentido inverso – pode tornar o treino mais interessante. Se mais uma volta pelo seu bairro não te animar, tente um novo parque ou uma trilha nova. Melhor ainda: marque de encontrar um amigo – você não pode desistir se alguém estiver esperando por você.

MUDE SEU PACE

Adicione tiros curtos a um treino regular e ele vai (literalmente) passar mais rápido. Tente isto: depois de trotar por cinco minutos, escolha um ponto de referência e corra em um ritmo mais forte até chegar lá.

Em seguida, caminhe até o fôlego voltar ao normal, volte a trotar e procure outro ponto de referência. Repita o processo até se aproximar do fim do trajeto e percorra os cinco minutos finais em um ritmo bem tranquilo.

MUDE SUA ROTINA

Qualquer atividade que aumente sua frequência cardíaca pode ser uma boa opção nos dias em que você não quiser correr. Tente nadar, pedalar, remar ou usar um aparelho elíptico. Treinos que alternam exercícios aeróbicos com outros de força são ótimos para manter a frequência cardíaca lá em cima.

MUDE SUA MENTE

Faça um trato consigo mesmo para correr por apenas cinco minutos. É muito provável que, assim que a porta da sua casa ficar para trás, você queira correr por mais cinco, e mais cinco… Caso contrário, é provável que você realmente precise tirar um dia de descanso.

Você pergunta:

– Eu não sinto vontade de correr há semanas. O que está acontecendo?

Isso parece esgotamento físico, e a melhor solução é tirar uma semana de folga. Geralmente é tempo suficiente para te deixar louco para correr de novo. Caso contrário, invista em atividades que o ajudem a manter a forma até você retomar os treinos. Aí você pode voltar a correr “devagar e sempre” para evitar um novo esgotamento.

– O que eu devo fazer se não estou motivado para participar de uma prova para a qual eu já me inscrevi?

Planeje corrê-la apenas por diversão ou simplesmente não vá. Forçar-se a fazer cada treino e também a prova é a receita para um esgotamento físico. Correr deve ser algo divertido. Escolha uma meta que lhe permita fazer um treino mais prazeroso.

Fato ou ficção?

– Quando você não está com vontade de correr, é melhor sair de casa mesmo assim.

FICÇÃO!

Correr muito cansado ou com dores pode ser o caminho para uma lesão. Tire um ou dois dias de folga. O corpo vai se recuperar sozinho – se você deixar.

+ Conheça a bicicleta elétrica inspirada no surf