Para quem sempre sonhou em se mudar para uma pequena vila cercada pela natureza, o vilarejo de Luserna, no extremo norte da Itália, tem uma oportunidade. O projeto Colinving oferece apartamentos gratuitos para famílias que queiram morar na cidade durante pelo menos quatro anos em troca de voluntariado.

Pessoas com idades entre 18 e 40 anos, com cidadania da União Europeia, ou então imigrante com permissão de estadia de longo prazo na UE, podem participar do projeto que visa repovoar a área da região de Trentino. Além disso, o requerente não pode ter condenações na Justiça, e pelo menos um integrante da família deve comprovar renda anual de 15,7 mil e 28,5 mil euros, dependendo do tamanho do núcleo familiar.

+ Cidade “covid-free” vende casa por 1 euro na Itália
+ Eles compraram a casa por 1 euro na Itália, e veio o coronavírus

As moradias são quatro apartamentos a serem mobilados disponibilizados pelo município de Luserna, e incluem um contrato de empréstimo gratuito por um período de 4 anos. Em troca, as famílias selecionadas terão que se comprometer a fornecer atividades voluntárias para todos da Comunidade Magnífica do Planalto de Cimbri.

Luserna é uma vila de alta montanha, a 1.333 metros, e fica na região de Trentino Alto-Ádige, a 240 quilômetros a leste de Milão. A população da vila diminuiu de 286 para 261 habitantes entre 2014 e 2019, uma redução de quase 10%, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística (Istat).

“O objetivo de todas as administrações municipais sempre foi fortalecer a residencial. Em Luserna, temos moradias populares que, no entanto – justamente porque nossa localidade é um pouco mais isolada do que os grandes centros atendidos – permaneceram vazias. Assim, como administração, decidimos lançar esse projeto”, disse o prefeito de Luserna, Luca Nicolussi Paolaz.

O prazo para se inscrever é até 3 de agosto. Para mais detalhes sobre este anúncio, consulte o site oficial.