Surfista alemão bate recorde de maior onda surfada e entra para o Guiness; veja

maior onda surfada
Sebastian Steudtner escreveu seu nome no GUINNESS WORLD RECORDS™ pela maior onda surfada na categoria masculina. (Crédito: © Jorge Leal)

O alemão Sebastian Steudtner terá o seu nome escrito no Guiness pela maior onda surfada por um homem. Como parte do Red Bull Big Wave Awards, a Liga Mundial de Surfe analisou, mediu e verificou oficialmente a onda surfada no dia 29 de outubro de 2020, com uma altura de 86 pés (26,21 metros) da base até a crista da onda.

+ Carlos Burle e seus ensinamentos de vida com o surf; veja a entrevista

+ Wing Surf cresce e ganha adeptos em todo mundo

+ Lucas Chumbo resgata surfista e jet ski que virou de cabeça pra baixo em Nazaré

A onda ganhou o prêmio de Maior Onda Surfada de Tow-In no Big Wave Awards 2021, se tornando elegível para a verificação do Recorde Mundial.

A conquista foi anunciada numa cerimônia especial no famoso farol no topo da Praia do Norte, em Nazaré, Portugal. Um juiz oficial do Guiness World Records presenteou Sebatian Steudtner com um certificado, como o atual recordista da Maior Onda Surfada. O alemão bateu por 6 pés (2 metros), o recorde do brasileiro Rodrigo Koxa, que foi surfada no dia 8 de novembro de 2017, na mesma Praia do Norte de Nazaré.

Para oficializar o recorde, quadros das imagens de vídeo foram extraídos e conferidos geometricamente, com base na posição e inclinação da câmera. Além disso, foram usados objetos conhecidos, como o jet-ski e a medição real da geometria do corpo do surfista. Dessa forma, foi possível calibrar as imagens para conversão de pixels para pés. A localização da base e da crista da onda, foi determinada a partir da análise do vídeo de dois ângulos diferentes.

Para muitos brasileiros e mesmo fãs do esporte de outra nacionalidade, o título dado a Sebastian Steudtner foi um balde de água fria, pois para muitos, era dada como certa a escolha da onda do brasileiro Lucas Chumbo.

No entanto, o Brasil estava presente na conquista, uma vez que Steudtner foi rebocado por Alemão de Maresias na onda que lhe rendeu o recorde mundial.

Na categoria feminina, a brasileira Maya Gabeira é a única surfista feminina reconhecida nesta categoria pelo Guiness. Primeiro, em 2018 e outra em 2020, com ondas de 20,72 metros e 22,4 metros respetivamente, batendo assim o seu próprio recorde.

Assista ao vídeo com a onda vencedora:

-Publicidade-