Primeira etapa da Estrada Real termina com dobradinha de José Gabriel e vitória de Raíza Goulão

etapa estrada real
José Gabriel celebra vitória - Foto: Alemão Silva/ Divulgação

A etapa de Itabirito (MG) da Internacional Estrada Real Chaoyang terminou no último domingo (26), com vitórias de José Guilherme e Raiza Goulão nas provas de XCC, categoria Elite. A competição foi disputada no Alto do Cristo, organizada pela Avelar Sports, referência em organização de competições de mountain bike, e contou pontos para o ciclo olímpico.

Leia mais:

+ Quer evoluir no Mountain Bike? Confira 4 bons Bike Parks perto de São Paulo

+ Aprenda os cuidados para conservar melhor sua mountain bike

+ 4 destinos para pedalar e surfar no mesmo dia

No masculino, os ciclistas tiveram que dar oito voltas, contra sete das mulheres. Cada volta tinha aproximadamente 3.9 km. Em ambas as provas, a primeira volta foi a start lap, que é menor e mais técnica e serviu para separar os pelotões dos atletas do Júnior e do Sub-23. Todos eles largaram juntos.

José Gabriel, da Oggi, concluiu a sua prova em 1h15m32s, percorrendo 31.20 km. Ele foi seguido por Ulan Galinski, da Caloi, e Guilherme Muller, da Audax, que fecharam em 1h17m40s e 1h18m11s. Este foi o mesmo pódio da corrida de XCC do sábado (24). Portanto, houve “dobradinha” de José Gabriel.

“Foi uma prova muito desgastante, debaixo de muito sol. É uma pista muito traiçoeira e houve uma queda atrás de mim (de Luiz Henrique Cocuzzi, que terminou em quarto), o que acabou me ajudando. No final, desgastei um pouco e precisei me hidratar bastante”, comentou José Gabriel.

Já no feminino, o pódio foi completado por Karen Olimpio, da Audax, e Isabella Lacerda, da Scott. Elas correram em 1h20m55s e 1h2148s, respectivamente. Goulão, ao contrário de José Gabriel, preferiu não competir no XCC, no sábado.

“Foi uma pista muito dura e difícil. No início, a estratégia foi de observar a movimentação das demais atletas e aos poucos colocar meu ritmo e abrir boa vantagem. No final, a Karen se aproximou, mas eu venci”, destacou Goulão.

Demais provas

Na Sub-23, as vitórias ficaram com Gabriel Gaspar e Lorena Ranchel, que deram 7 e 6 voltas, respectivamente. Já no Júnior, os primeiros lugares foram de Henrique Bravo e Samara Rodrigues, com 6 e 5 voltas, respectivamente.

Mais cedo, houve ainda provas de mais de 20 categorias do XCO, como Master, Amador, Sênior e PCD – Pessoas com Deficiência.

Próximas corridas

Depois da etapa de Itabirito, que teve todas as inscrições realizadas, a competição seguirá em Ouro Branco (MG) e Arcos (MG), de 19 a 21 de maio, respectivamente, e 28 a 30 de julho, respectivamente.

A Estrada Real

Famosa no Brasil, a Estrada Real é considerada a maior rota turística do país. São mais de 1.630 quilômetros de extensão, passando por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. A sua história surge em meados do século 18, quando a Coroa Portuguesa decidiu oficializar os caminhos para o trânsito de ouro e diamantes de Minas Gerais até os portos do Rio de Janeiro.

A cidade de Itabirito ficou famosa no Brasil por sediar eventos envolvendo bicicletas desde a década de 90. Agora passa a se tornar a primeira prova de XCO na América Latina com a Classe HC. Em 2019 a Internacional Estrada Real encerrou o campeonato na cidade batendo recorde na transmissão ao vivo das provas. Sucesso absoluto com pista, estrutura, feira e outros.

A cobertura das etapas ficará por conta da própria Avelar Sports que investiu mais um vez no melhor para o esporte, oferecendo agora a estrutura para transmitir ao vivo detalhes da competição. Estrutura inédita que ficará a disposição para locações e transmissões de diversos esportes.

Um dos destaques dos projetos que a Avelar Sports é a estrutura oferecida aos participantes, somente comparada aos melhores eventos mundiais. Para isso, a empresa continua investindo a cada temporada e em seu planejamento para os próximos anos, é se tornar referência mundial com seu projeto.







Acompanhe o Rocky Mountain Games Pedra Grande 2024 ao vivo