Polícia britânica tinge lago para mandar Instagrammers para casa

(Foto: Polícia de Buxton)

A polícia da cidade de Buxton, na Inglaterra, encontrou uma solução inusitada para impedir que Instagrammers tirem selfies em seu lago azul-turquesa: tingir as águas com uma tinta escura, “enfeiando” a atração.

Leia mais: Por que há centenas de esqueletos neste lago nos Himalaias
Leia mais: Mesmo sendo altamente tóxico, pessoas continuam tirando fotos neste lago

De acordo com a página do Facebook do departamento de polícia local, as autoridades foram avisadas de que turistas se aglomeravam perto da “Lagoa Azul” de Buxton, em violação às instruções do governo britânico de “fiquem em casa!” para conter o avanço da pandemia do coronavírus.

Em vez de se deslocar para o lago toda hora para multar os infratores, a polícia teve outra ideia. Decidiu tingir suas águas claras, para que a lagoa fique menos atraente para os caçadores de boas fotos das redes sociais.

A água do lago de Buxton é dessa cor devido a sua toxicidade. Dizem que o pH ali bate a casa dos 11.3, quase comparável a um alvejante (que tem pH 12.3). Ou seja, é impraticável para banho, mas costuma ganhar vários likes quando é postada no Instagram de alguém.

A tinta preta acabou com o tom “caribe” da lagoa da cidade britânica (Foto: Polícia de Buxton)

Não é a primeira vez que a polícia tinge o lago para espantar turistas. Em 2013, como relatou a BBC, usou a mesma estratégia, para impedir que pessoas nadassem ali.

Segundo a polícia de Buxton, a lagoa é tóxica e suja, com diversas partes de carros abandonados e muito lixo acumulado.

Mesmo assim, há quem se encante com as cores do Caribe do lugar e não resista a dar uma nadada em suas águas — que, aliás, são geladíssimas.