Ortopedista explica como evitar a “Síndrome do Pescoço de Texto”

Síndrome do Pescoço de Texto
Foto: Pexels

O uso excessivo de eletrônicos, como computadores, smartphones e tablets, pode afetar a coluna de várias formas devido à postura inadequada e ao tempo prolongado gasto em frente a esses dispositivos.

Leia mais:

+ Organizações lançam abaixo-assinado contra imposto de bicicletas na Reforma Tributária

+ Vuelta a España: Sepp Kuss encerra jejum dos EUA nas grandes voltas

+ 4 destinos para pedalar e surfar no mesmo dia

De acordo com o ortopedista Bruno Fabrizio, especializado em cirurgia endoscópica, revela que a má postura ao usar as telas pode gerar problemas a longo prazo. “Ao usar esses dispositivos é comum curvar-se para a frente, inclinar a cabeça para baixo ou arredondar as costas o que pode causar tensão excessiva na coluna vertebral e nos músculos que a suportam”, alerta.

O ato de inclinar a cabeça para olhar a tela de um smartphone ou tablet pode aumentar significativamente a pressão sobre a coluna cervical. “Isso pode levar a problemas como a ‘síndrome do pescoço de texto’, que pode causar dor no pescoço, ombros e cabeça”, conta.

Digitar em teclados ou tocar em telas sensíveis ao toque por longos períodos de tempo pode levar a lesões por esforço repetitivo, de acordo com o especialista. “Diante deste quadro, pode ocorrer a síndrome do túnel do carpo, que também afeta os pulsos e pode se espalhar para os ombros e pescoço”, afirma.

O uso excessivo de eletrônicos muitas vezes leva a um estilo de vida sedentário, em que as pessoas passam longos períodos de tempo sentadas. “Isso pode enfraquecer os músculos das costas e contribuir para a má postura, o que pode levar a dores nas costas”, explica.

Fabrizio também alerta que o uso demasiado de telas, principalmente em ambientes mal iluminados, pode levar à fadiga ocular e à necessidade de inclinar-se para frente ou curvar-se sobre a tela, o que pode afetar negativamente a postura.

O doutor Bruno dá dicas de como manter uma boa postura. “Sentar-se e posicionar-se de forma ergonômica ao usar dispositivos eletrônicos pode ajudar a reduzir a tensão na coluna. Use suportes para laptops, cadeiras ergonômicas e mantenha a tela na altura dos olhos”, orienta.

Utilizar as telas fazendo pausas também é uma saída para dar um descanso para a coluna.

“Levante-se e estique-se a cada 30 minutos ao usar eletrônicos por longos períodos. Isso ajuda a aliviar a pressão sobre a coluna e os músculos”, garante.

O especialista também recomenda exercícios de fortalecimento muscular e alongamento para ajudar a manter a saúde da coluna vertebral e dos músculos circundantes. Fabrizio também orienta para que as pessoas mantenha uma distância apropriada das telas.“Ajuste o brilho e o contraste para reduzir a fadiga ocular”, conclui.







Acompanhe o Rocky Mountain Games Pedra Grande 2024 ao vivo