Nova Zelândia reabrirá fronteiras para brasileiros a partir do dia 1° de maio

Nova Zelândia reabrirá fronteiras para brasileiros a partir do dia 1° de maio
Foto: Shutterstock

O governo da Nova Zelândia comunicou que fará alterações no seu plano de reabertura de fronteiras, voltando a receber australianos no país, sem a necessidade de quarentena a partir do dia 13 de abril.

+ As 10 melhores cidades de praia dos EUA

+ Turistas podem entrar em Bali sem quarentena

+ LayBack Pro volta à Praia Mole em abril

Já viajantes de países com dispensa do visto, como é o caso do Brasil, poderão entrar na Nova Zelândia a partir do dia 1° de maio, também liberados de fazer quarentena. A partir da mesma data, turistas de outros países com os quais não há acordo de dispensa do visto, mas que já possuem vistos emitidos, também poderão entrar no país.

Apenas viajantes imunizados poderão entrar na Nova Zelândia, com a ressalva das exceções de menores de 16 anos, refugiados, cidadãos locais e viajantes que não podem ser imunizados por razões médicas, que deverão ser comprovadas com documentação.

As autoridades neozelandesas aceitarão passaporte da vacina que contenha o esquema completo de vacinação (com duas doses ou dose única) de qualquer vacina reconhecida pela OMS, como é o caso de todas as vacinas aplicadas no Brasil.

Para viajar, será exigido ainda o teste PCR negativo feito até 48 horas antes da viagem ou um teste rápido de antígeno em até 24 horas antes.

Após o desembarque, será necessário fazer dois testes rápidos de antígeno, entre o desembarque e o dia seguinte, além de outro entre os dias 5 e 6. Caso algum dos testes dê positivo, será necessário fazer um teste PCR para confirmar o diagnóstico.

A Nova Zelândia pretende abranger sua reabertura de fronteiras para toas as categorias de visto, até outubro.

-Publicidade-