No verão: bronzeado e medidas perfeitas exigem cuidados redobrados, alerta especialista

verão
Foto: Rawpixel

Faltando poucos dias para a chegada do verão brasileiro, a busca pelo bronzeado intenso e por um corpo com medidas perfeitas são os principais desejos de boa parte de homens e mulheres de norte a sul do país.

+ 3 curiosidades sobre o yoga que você precisa saber

+ Como funcionam as quilhas em uma prancha de surf?

+ Bares ao ar livre para happy hour de final de ano

E muitas vezes essa ansiedade e desespero em busca de uma estética perfeita para recuperar o tempo perdido, faz com que alguns cuidados básicos sejam esquecidos podendo causar sérios riscos à saúde e à pele das pessoas.

O alerta é da Dra. Paula Caroline Garcia, Biomédica Estética com 11 anos de atuação em clínicas de estética e SPAs, especialista em técnicas avançadas e eletroterapias, CEO e coordenadora pedagógica da Clinic Cursos (www.cliniccursos.com.br)

No caso da exposição ao sol, a doutora explica quais os principais cuidados que as pessoas devem tomar. “Além das orientações básicas, como evitar os horários entre 10h e 16 horas, manter-se hidratado, utilizar filtro solar 30 minutos antes, e proteger-se com óculos escuros e chapéu ou boné, é fundamental reforçar a proteção no caso de peles muito claras e evitar a exposição ao sol no caso de tratamentos ou cirurgias recentes”, explica a Dra. Paula.

Ela reforça ainda que no caso de idas à praia ou à piscina, é necessário repassar o protetor sempre que se expor à água ou suar demasiadamente. É proteger-se embaixo de barracas ou locais cobertos. Pessoas que fazem uso de motocicletas ou bicicletas devem utilizar todos esses aparatos e também mangas de proteção solar nos braços.

Quando o sol é vilão

Apesar dos benefícios que a exposição moderada ao sol pode trazer, especialmente àqueles relacionados à produção da vitamina D, a Dra. Paula explica que expor-se demasiadamente aos raios solares durante o período das 10 às 16 horas pode ocasionar danos à pele, como queimaduras, manchas e o desenvolvimento de câncer.

“Quanto mais tomamos sol sem proteção ou em horários inadequados, mais sofremos com o envelhecimento precoce da pele, conhecido também como fotoenvelhecimento. Entre os efeitos estão o aparecimento de rugas e manchas. Além disso, muita luminosidade pode causar problemas de visão, como catarata e até câncer de pele nas pálpebras” esclarece a Biomédica.

Principais riscos

  • Queimaduras – é mais comum em pessoas com pele clara;
  • Envelhecimento precoce – aparecimento de rugas e manchas na pele;
  • Problemas oculares – causados pelo excesso de luminosidade;
  • Melasmas – aparecimento de manchas marrons na pele, principalmente das mãos, dos braços e do rosto;
  • Câncer de pele – há uma variedade de tipos, mas o mais perigoso é o melanoma.
    Reação na pele a medicamentos – alguns medicamentos causam reações na pele quando da exposição ao sol;
  • Reativação do herpes – a exposição excessiva à luz solar pode causar a reativação deste vírus;
  • Piora de problemas preexistentes de pele – por exemplo, acne, vitiligo e lúpus.

Intradermoterapia – a queridinha do verão

Para quem não conseguiu perder as medidas durante o ano, uma saída às vésperas do verão para ficar em dia com as medidas e dar adeus aquelas gordurinhas indesejadas, são as conhecidas enzimas, a técnica chamada de Intrademoterapia, que consiste na aplicação de mesclas com ativos específicos para emagrecimento, reduzir gordura localizada, flacidez e até celulite.

  • Como é o procedimento? O procedimento consiste na aplicação de ativos de forma injetável.
  • Quando já vou observar os resultados? O resultado é observado a partir da terceira sessão, que pode ser realizada uma vez na semana ou a cada 15 dias.
  • Ficam marcas? Pode ocorrer pequenos hematomas que saem em até cinco dias
  • Depois de quanto tempo posso tomar sol? Se ficar com hematoma a orientação é tomar sol após estes terem desaparecidos, mas geralmente não fica hematomas e assim pode-se tomar sol sempre com o uso de protetor solar

A Dra. Paula explica que esse é um dos procedimentos mais procurados em sua clínica na época do verão ” A procura pela Intradermoterapia cresce 40% nessa época – é a queridinha do verão – seguido pela Harmonização facial e Fios de PDO”, conta ela. E também pelos alunos da sua escola, que veem nesses procedimentos estéticos uma grande oportunidade de negócio e aumento de renda familiar, podendo se capacitar e ter uma nova profissão, com um investimento justo.

-Publicidade-