Mutirão retira 34 toneladas de lixo do Everest e de outras montanhas do Nepal

Por Redação

lixo Everest
Foto: Reprodução / Mountain Clean-Up Campaign.

Cerca de 34 toneladas de lixo foram retiradas de quatro montanhas do Nepal, incluindo o Monte Everest, como parte da campanha de limpeza local Mountain Clean-Up.

Um grupo de sherpas, em parceria com o exército e outras instituições governamentais, retirou lixo do Everest, Lhotse, Kangchenjunga e Manaslu. Eles também removeram dois corpos do Kangchenjunga.

Leia mais

+ Aos 65 anos, recordista brasileiro em corridas extremas conclui a Maratona do Everest

+ O Monte Everest está mais acessível do que nunca, mas isso é uma boa notícia?

+ Lixo zero: produtos reutilizáveis para substituir descartáveis

A equipe levou 55 dias para limpar os picos do Monte Everest e Lhotse. Já em Kanchenjunga e Manaslu foram 44 e 43 dias, respectivamente. A ação foi concluída no último dia 31 de maio.

A coleta de lixo deste ano foi a mais alta desde que a ação começou, em 2019. Cerca de 10 toneladas foram retiradas no primeiro mutirão e mais de 27 toneladas em 2021, de acordo com o exército nepalês.

Todo o material retirado da montanha foi enviado para Kathmandu. Já os dois corpos encontrados no Kangchenjunga foram removidos e encaminhados para o necrotério do Hospital Distrital de Taplejung para identificação.

-Publicidade-