Mais de 100 animais são encontrados vivos dentro de malas em aeroporto

Por IstoÉ

Duas mulheres são presas com 109 animais vivos dentro de malas em aeroporto - Go Outside
Dois tatus estavam entre os animais vivos dentro de duas malas no Aeroporto de Bangkok (Crédito: Department of Natural Parks and Wildlife Conservation)

Duas mulheres foram presas no Aeroporto de Bangkok, na Tailândia, acusadas de contrabando depois que 109 animais vivos foram encontrados em suas malas na segunda-feira (27).

Conforme o Departamento de Parques Nacionais, Vida Selvagem e Conservação de Plantas da Tailândia, os animais selvagens foram descobertos em duas malas das mulheres após uma inspeção de raio-x. As informações são da CNN.

+ Cobra é deixada em frente a zoo com garrafa de cachaça e bilhete no Pará
+ VÍDEO: Dono de bar na Austrália espanta crocodilo usando frigideira
+ Vídeo de cobra engolindo outra cobra impressiona a web; assista

Dois porcos-espinhos brancos, dois tatus, 35 tartarugas, 50 lagartos e 20 cobras estavam nas duas malas. Segundo as autoridades tailandesas, Nithya Raja, de 38 anos, e Zakia Sulthana Ebrahim, de 24, tinham como destino a cidade de Chennai, na Índia.

O tráfico de animais por meio de aeroportos tem sido um problema na região. Em 2019, um homem que chegava a Chennai, na Índia, vindo de Bangkok foi detido no aeroporto depois que funcionários da alfândega encontraram um filhote de leopardo de um mês em sua bagagem.

+ Bali: Indonésia deve criar visto de 5 anos para nômades digitais
+ Patagonia cobrirá gastos de viagens de funcionários para realizar aborto nos EUA

-Publicidade-