Se você vai subir uma montanha, é quase automático pensar em uma bota específica e um traje “montanhista”. Mas, uma jovem de 22 anos, quis fazer algo bem diferente ao comemorar o seu 57 º cume em montanhas de mais de 4 mil metros. A norte-americana Erin Ton decidiu escalar uma montanha, o Pico Quandary, o cume mais alto da Cordilheira Tenmile, nas Montanhas Rochosas da América do Norte, usando uma saia, salto alto e mochila nas costas.

De acordo com o Colorado Springs Gazette, depois de atingir tantos cumes, a jovem quis se desafiar. Mas em vez de aceitar outro desafio técnico de escalada, Erin decidiu celebrar suas realizações em caminhadas de uma maneira diferente. A jovem usou um par de saltos altos – os únicos que possui.

Leia Mais:
+ Uma das primeiras mulheres a escalar o Monte Everest conta finalmente sua história
+ O empoderamento de atletas mulheres nas redes sociais

Além do Pico Quandary, ela também quis fazer de salto alto o Monte Elbert, o Monte Bierstadt e o Monte Sherman. Ela vai de salto até o cume da montanha, mas ela traz suas botas de trilha para a descida e está sempre abastecida com suprimentos para combater bolhas.

erin_ton7, high heels
Erin no início da trilha do Pico do Quandary – Foto: Erin Ton/Instagram

A jovem já é considerada uma experiente montanhista. Ela começou a escalar há dois anos quando subiu o Monte Elbert junto com seu pai e sua irmã.

Desde a primeira escalada ela se apaixonou pelo esporte e traçou uma meta: escalar todas as montanhas com mais de quatro mil metros do Colorado, nos Estados Unidos. Assim, ela chegou ao cume de 57 das 58 montanhas com mais de quatro mil metros.

erin_ton7
Erin Ton no topo do Monte Sherman em outubro de 2020 – Foto: Erin Ton/Instagram

Embora Erin tenha se divertido muito caminhando com sapatos de salto alto, ela não incentiva ninguém a fazer o mesmo, pois é muito perigoso fazer em um terreno tão difícil.

-Publicidade-