Marlim-azul gigante: peixe de 621 kg é o segundo maior já pescado; FOTOS

Por Redação

Marlim-azul gigante: peixe de 621 kg é capturado por pescadores - Go Outside
Fotos: Reprodução/Instagram/@pulsatorlures

Pescadores que faziam uma viagem de barco de seis dias capturaram um marlim-azul gigante em Cabo Verde, arquipélago da África do Sul, na última semana. Com seus impressionantes 621 kg e 3,6 metros, o peixe é o segundo maior da espécie já encontrado no Oceano Atlântico.

+ Baleia gigante salta e cai sobre barco com turistas; veja
+ Peixe-lua gigante é encontrado na Espanha

O barco do grupo era liderado por Ben Vorster, de 50 anos, e pelo capitão Ryan “Roo” Williamson, segundo informações do DailyStar. Os pescadores contam que precisaram “lutar” com o peixe por cerca de 30 minutos até colocá-lo na embarcação próximo a cidade de Mindelo.

Depois de conter o marlim-azul gigante, os homens seguiram para a marina. Lá, pesaram o peixe e descobriram que se tratava do segundo maior da espécie já capturado no Atlântico, ficando atrás apenas de um marlim capturado no Brasil em 1992. O animal encontrado em águas capixabas pesava 636 kg e teve reconhecimento da International Game Fish Association (IGFA).

Foto: Reprodução/Instagram/@pulsatorlures

Após a pesagem, os pescadores tiraram toda a carne do peixe e distribuíram para a população local de Cabo Verde, que deve usufruir do alimento por semanas.

O arquipélago está localizado na costa do Senegal e da Mauritânia e todos os anos pescadores capturam alguns dos maiores peixes da espécie marlim-azul já encontrados no mundo.

+ Floresta primitiva é encontrada dentro de buraco gigante na China

Veja fotos do segundo maior marlim-azul já capturado no Atlântico:

Foto: Reprodução/Instagram/@ryanwilliamsonmarlincharters
Marlim-azul gigante: peixe de 621 kg é capturado por pescadores - Go Outside
Foto: Reprodução/Instagram/@pulsatorlures
Marlim-azul gigante: peixe de 621 kg é capturado por pescadores - Go Outside
Foto: Reprodução/Instagram/@billfishreports
Merlim-azul gigante
Foto: Reprodução/Instagram/@pulsatorlures

+ 2021 bateu recorde em número de registro de baleia jubarte no litoral paulista

-Publicidade-