Floresta primitiva é encontrada dentro de buraco gigante na China

Por Redação

O sumidouro em Leye County tem 192 metros de profundidade - Foto: equipe de pesquisa de espeleologia de Guangxi 702

Existe todo um universo das cavernas labirínticas que sabemos nada ou quase nada. Mas recentemente uma equipe de pesquisadores descobriu algo incrível: um sumidouro gigante com uma ampla e primitiva floresta no fundo.

+ Sorva: conheça a fruta da Amazônia que salvou crianças que ficaram 27 dias desaparecidas em floresta

+ 11 cavernas e grutas para visitar pelo mundo

+ 4 destinos para pedalar e surfar no mesmo dia

Segundo a agência de notícias Xinhua, o buraco se encontra no condado de Leye, no sul da China, e tem 192 metros de profundidade. Já seu interior tem 306 metros de comprimento e 150 metros de largura.

Para chegar até o fundo do sumidouro, os pesquisadores tiveram que fazer rapel e caminhar por várias horas, onde foram reveladas árvores antigas com mais de 40 metros de altura e três entradas para cavernas. Você pode conferir o vídeo do sumidouro neste link.

O líder da expedição, Chen Lixin, contou que as plantas de sombra vistas nas profundidades eram tão altas que chegavam aos ombros dos exploradores. Embora a caverna seja particularmente profunda, sua estrutura permite a entrada de luz – o que significa que as árvores podem florescer. “Não ficaria surpreso em saber que existem espécies encontradas nessas cavernas que nunca foram relatadas ou descritas pela ciência até agora”, disse Chen.

Esses buracos gigantes não são novidade na China. Por lá, eles são chamados de Tiankeng, que em uma tradução aproximada seria algo como “poço celestial”. Este, por exemplo, é o 30º encontrado em Leye, com outras dezenas de sumidouros já tendo sido reveladas nas províncias de Xianxim e Guancim. Inclusive, a região entrou na lista dos Patrimônios Mundiais da Unesco em 2007 por causa de sua paisagem única, que inclui formações rochosas incomuns e extensos sistemas de cavernas.

 

-Publicidade-