Maldivas flexibilizam regras para turistas vacinados

Maldivas flexibilizam regras para turistas vacinados
Foto: Shutterstock

As Ilhas Maldivas retiraram a exigência da apresentação de resultados negativos com o teste de covid-10, para a entrada e saída de viajantes completamente vacinados desde sábado (5).

+ Maldivas ganham aeroporto com vista paradisíaca

+ Velejando no Rio Pinheiros, Beto Pandiani lança travessia de 100 dias no Ártico

+ Esse tamanho de mar pode fazer Pipeline virar o maior pesadelo (vídeo)

O arquipélago aceita comprovantes da vacina que mostrem que o turista tenha tomado o esquema vacinal completo há pelo menos 14 dias com quaisquer vacinas reconhecidas pela OMS, como todos os aplicados no Brasil.

De acordo com o Ministério de Turismo das Maldivas, doses de reforço não serão exigidas.

Porém, crianças menores de um ano e qualquer outro turista que não tenha recebido as doses indicadas contra infecção pelo SARS-CoV-2 deverão apresentar um teste PCR negativo para o vírus, colhido até 96 horas antes do primeiro embarque.

Todos os turistas, imunizados ou não, deverão preencher o formulário com sua declaração de saúde até 48 horas antes da viagem.

Viajantes que possuem visto de trabalho nas Maldivas, assim como os residentes locais, deverão fazer ainda um PCR entre o terceiro e o quinto dia após a chegada ao país.

Antes, para acessar as Ilhas Maldivas, os turistas precisavam apresentar o PCR negativo feito em até 96 horas antes de cruzar sua fronteira, e realizar outro exame 72 horas antes, para a saída do turista de sua acomodação no país.

-Publicidade-