Turistas podem voltar a entrar na Irlanda sem restrições da pandemia

Por redação

Vista de Dublin, na Irlanda, para a Ha'penny Ponte - Foto: Shutterstock

A Irlanda retirou todas as últimas restrições e exigências para turistas internacionais impostas devido à pandemia do coronavírus.

+ Itália reabre fronteiras para turistas brasileiros a partir de 1 de março

+ Após 2 anos de restrições, Austrália reabre fronteiras; veja regras

+ Indonésia flexibiliza entrada de estrangeiros em Bali

Antes, só era possível visitar as cidades irlandesas se o viajante preenchesse previamente um formulário com a declaração de localidades visitadas. Além disso, era obrigatório informar o estado de saúde e apresentar os resultados de exames ou o comprovante de vacinação da covid-19. No entanto, desde o último domingo (6), já é permitido entrar no país sem nenhuma dessas exigências.

Também não será necessário cumprir quarentena após o desembarque e nem realizar teste de covid-19 em território irlandês. Segundo as autoridades do país, a exceção se dá apenas para visitantes que desenvolverem sintomas de coronavírus, conforme orientação do HSE, o sistema de saúde pública da Irlanda, equivalente ao SUS. Nesse caso, o turista deverá cumprir isolamento ou realizar exame de antígeno e/ou PCR.

A retirada das exigências foi assinada pelo Ministro da Saúde irlandês, Stephen Donnely, no último sábado (5). Segundo publicação de Donnely no Twitter, a notícia é positiva porque simboliza “um passo a frente nos esforços contra a covid-19”.

Em 28 de fevereiro, a Irlanda também retirou a obrigatoriedade do uso de máscaras em espaços públicos. No entanto, é preciso prestar atenção, porque a vizinha Irlanda do Norte possui protocolos diferentes, já que faz parte do território do Reino Unido. Caso o turista queira visitar as duas Irlandas em uma só viagem pode precisar apresentar comprovantes de vacinação e resultados de exames.

-Publicidade-