Copa do Mundo: Petrópolis será a capital mundial do MTB neste final de semana

Por Redação

avancini MTB
Henrique Avancini estará em casa na abertura da Copa do Mundo em Petrópolis (RJ). Foto: Arquivo Pessoal.

Entre os dias 8 e 10 de abril, a cidade de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, receberá pela primeira vez os melhores atletas do planeta para a abertura da temporada de cross country (XCO) e short track (XCC) da Copa do Mundo de MTB.

O Brasil volta a receber o circuito depois de 17 anos e a escolha de Petrópolis tem alguns motivos. Um deles é que é a cidade do campeão mundial e ex-número 1 do ranking mundial Henrique Avancini. Mas não apenas isso. Ao longo das últimas décadas, a cidade tornou-se uma das capitais brasileiras da mountain bike, com suas condições naturais de clima e terreno pra grandes disputas.

Leia mais

+ Henrique Avancini: a arte do método próprio

+ 8 dicas para iniciantes no mountain bike

“Muito disso tem a ver com a atuação da família Avancini, que entendeu que precisava desenvolver trilhas e lugares específicos para a prática do mountain bike. Lá em Petrópolis existe um espaço de treinamento de nível internacional”, diz Viviane Favery, comentarista das provas de cross country na Red Bull TV, que vai transmitir as disputas ao vivo e em português.
Avancini foi fator também fundamental quando a União Ciclística Internacional (UCI) escolheu onde seria a etapa que marcaria a volta do Brasil ao calendário. Fazia sentido colocar o evento no quintal do maior atleta de mountain bike que o Brasil já teve. “Chegou um ponto em que eles viram que tinha muito sentido que, se viesse pro Brasil, fosse pra um lugar que tivesse conexão comigo”, conta Avancini.
A característica climática da região é um aspecto que pode interferir nas disputas. “É um clima específico, muito quente no verão, mas também com queda de temperatura à noite. Tem ainda a questão de saber se a trilha vai secar se tiver chovido horas antes da prova. É um circuito que exigirá adaptação dos atletas que vêm de fora”, afirma a comentarista. “Vai ser um circuito muito, muito diferente de qualquer outro da Copa do Mundo”, diz Avancini.
Até os representantes da União Ciclística Internacional (UCI) que visitaram a cidade concordam: Petrópolis entregará à Copa do Mundo um circuito único, uma pista que não se parece com nenhuma outra. Numa competição disputada basicamente no hemisfério norte, a cidade mostrará não apenas um novo desafio esportivo, mas uma nova paisagem. “É uma nova cultura, nova natureza, novos pássaros. É bom abrir caminhos. Vai ser incrível”, diz o ex-atleta Simon Burney, hoje dirigente da UCI.
Until 18: Como Henrique Avancini transformou a bike em profissão:

Se liga:

Copa do Mundo de MTB XCO (cross country) e XCC (short track)
Quando: Entre 8 e 10 de abril
Onde: Petrópolis (RJ)
Transmissão ao vivo: RedBull.TV

Com informações de redbull.com

-Publicidade-