Partes das Cataratas do Niágara congelaram na terça-feira (23) em meio a uma forte frente fria polar que continua a atingir várias regiões dos Estados Unidos.

Depois que as temperaturas caíram para -18 ºC em Niágara, Estado de Nova York, turistas se reuniram para testemunhar o gelo que se formou no topo da famosa cachoeira.

Leia Mais:
Cachoeira congelada desaba e mata um turista e outros 4 ficam soterrados
Foto mostra turista pouco antes de cair e morrer em cataratas

Pedaços grossos de gelo foram vistos flutuando na água, enquanto nuvens de vapor e um arco-íris eram visíveis ao longo do dia. As imagens também mostraram grandes áreas de neve ao redor das margens da catarata.

Embora algumas imagens fizessem parecer que as próprias quedas estavam congeladas, a água nunca parava de fluir, apesar das condições de congelamento. O gelo se forma na cachoeira todos os anos, mas o congelamento generalizado só ocorre após um período prolongado de baixas temperaturas, de acordo com as Cataratas do Niágara.

Fotos semelhantes de grandes áreas de gelo na cachoeira foram capturadas em 2014 e 2015, quando eventos de vórtices polares atingiram a área.

A última vez que as Cataratas do Niágara foram cobertas por tanta neve foi em 2017, quando houve 55 centímetros de neve.

As condições de congelamento atingiram vários estados dos EUA na semana passada, afetando gravemente o Texas. O presidente Joe Biden declarou um grande desastre no “Estado da Estrela Solitária”, já que milhões estavam sem energia ou água potável como resultado do clima sem precedentes.

 

-Publicidade-