Como acampar na chuva sem passar tanto perrengue

Por Redação

Acampar na chuva
Foto: Shutterstock.

Marco Johnson, instrutor da National Outdoor Leadership School, costuma dizer aos seus alunos que “qualquer um pode acampar quando o tempo está bom”. Mas, se você está à procura de uma aventura autêntica, terá que saber se divertir mesmo quando o tempo fecha.

+ Guia básico de alimentos para acampar e fazer trilhas
+ Mochilão: brasileiro viaja de São Paulo ao México de bicicleta
+ 8 dicas para acordar cedo e sair pra pedalar

Marco diz que ficar confortável acampando na chuva é metade mentalidade e metade prática – com um alto potencial de recompensa. “Se você tiver a atitude e as habilidades corretas, terá um ótimo momento enquanto todo mundo estará indo para o carro”, diz ele.

Aqui estão algumas dicas do instrutor, publicadas pela Outside EUA, para ajudá-lo a acampar na chuva.

Aceite a umidade

Ao acampar na chuva você vai se molhar, independentemente do quão bom seja o seu equipamento. “É apenas uma questão de dizer: ‘Eu vou lidar com isso, tudo bem’.” A chuva não deve impedir você de fazer as mesmas coisas que faria quando o céu está azul – como comer, se hidratar, mas é preciso proteger as coisas corretamente e escolher um acampamento seguro. Manter a cabeça clara para tomar essas decisões se resume à perspectiva.

Encontre um abrigo natural

A vista do acampamento é menos importante com o mau tempo, então Johnson sugere procurar árvores que possam protegê-lo naturalmente para montar seu acampamento. Se não houver raios, use árvores frondosas coníferas ou grandes em seu benefício.

“Eles podem reduzir ou até tirar a chuva que cairá sobre você, para que você possa montar seu abrigo e não ficar tão exposto”, diz Johnson. “Depois que meu abrigo está pronto, escolho um excelente local para cozinhar debaixo de uma árvore para estar mais ou menos protegido das intempéries.”

Leve os itens certos

Pense no que você precisaria num dia chuvoso e num local onde há lama. Objetos como roupas secas num saco que seja à prova d’água, capas de chuva, sapatos fáceis e rápidos de serem calçados e lonas e guarda-chuvas extras não podem faltar.

Acampar na chuva: Traga uma lona extra

Se você conseguir se antecipar à mudança das condições climáticas, monte um abrigo leve para criar um espaço seco para a instalação de sua barraca e cozinha. “Vou encontrar um local realmente agradável e montar a lona primeiro, alta o suficiente para que eu possa andar por baixo”, diz Johnson. Se você não estiver acampando em uma área de ursos (onde deve montar sua cozinha longe do acampamento), também poderá usar essa zona para cozinhar.

Proteja tudo com sacos de lixo

“De certa forma, nada é à prova d’água, porque buracos podem aparecer”, diz Johnson. Por isso, ele recomenda dobrar sua proteção revestindo sua mochila com sacos de lixo resistentes. É seguro e barato.

Se você não tem um bom equipamento à prova d’água, não se preocupe. “Você pode usar sacos de nylon com zíper e forrá-los com sacos de lixo bons e grossos”, diz ele. Os sacos de lixo de cor clara são o caminho a seguir, pois facilitam a visualização de tudo. “Entrar em um saco de lixo preto é como entrar em um buraco negro”, diz Johnson.

Coloque seu equipamento molhado em quarentena

Seja embaixo de uma lona,  ou guarda-chuva, Johnson tirará seu Gore-Tex, ou qualquer camada externa encharcada que ele estiver usando, dobrará todos eles e os colocará onde não afetarão seu acampamento. “O vestíbulo é onde tudo vive úmido ou úmido”, diz Johnson. “O equipamento molhado não entra.” Se ele não tiver um lugar fora do tempo para guardar essas coisas, ele as colocará em um saco ou saco seco para colocar em quarentena a propagação da umidade.

Verifique a ventilação

Em alguns locais chuvosos (a Amazônia, por exemplo), o clima é muito úmido e abafado, o que pode incomodar. Nesse caso, você pode optar por barracas que tenham janelas. Desta forma, na hora das chuvas, basta fechá-las.

-Publicidade-