Jessica Nabongo se tornou a primeira mulher negra a visitar todos os 195 países do mundo. Jessica, cujos pais são de Uganda e emigraram para os Estados Unidos, nasceu na cidade de Detroit, no Michigan. Ela usa os passaportes americano e ugandense.

A norte-americana é funcionária da ONU e virou blogueira de viagens. Ela decidiu visitar todos os 195 países do mundo em 2016, e em 6 de outubro chegou o último de sua lista, Seychelles, de acordo com um post em sua página do Instagram.

“Bem-vindo às Seychelles! País 195 de 195! Há muito a dizer, mas por enquanto vou apenas agradecer a toda a comunidade por todo o seu apoio. Esta foi a nossa jornada e agradecemos a todos que vieram junto”, escreveu ela.

+ Sozinha, de carona e couchsurfing pela América Latina
+ Como é realmente viajar sozinho

Para financiar suas viagens, ela fundou uma empresa chamada Jet Black, que organiza itinerários personalizados para viagens em pequenos grupos na África, além de vender produtos de viagem como camisetas de marca e capas de passaporte.

Até o momento, existem cerca de 150 pessoas reconhecidas que já estiveram em todos os países. A maioria delas são homens brancos que viajam com passaportes europeus.

Mas Jessica não se resume apenas ao título de se tornar a primeira mulher negra a visitar todos os países do mundo. Ela espera abrir caminho para que outras mulheres negras façam o mesmo.

“O racismo existe. A história fez dessa maneira. Mas eu existo como uma pessoa negra neste mundo e não vou permitir que isso me impeça de ir a qualquer lugar que eu queira ir. Ou seja, em todo lugar”, disse Jessica à CNN Travel.