10 remédios naturais para se livrar de dores e desconfortos

10 remédios naturais para se livrar de dores e desconfortos
Foto: Pexels

Remédios naturais podem não ser a primeira coisa que você recorre para enfrentar dores e desconfortos. Talvez você prefira medicamentos de venda livre para uma solução rápida e, por isso, pode se surpreender com quantas soluções alternativas não-medicamentosas existem.

+ Ouvir música em excesso pode estimular vícios, diz ciência

+ Como usar óleos essenciais a favor de sua vida sexual

+ Stephan Figueiredo encara a Laje do Sheraton

Apesar de as soluções naturais nem sempre funcionarem para todos quando se trata de alívio natural da dor, você pode tentar métodos diferentes para descobrir o que mais funciona para seu caso. Confira 10 opções com informações da “Woman & Home”.

10 remédios naturais para se livrar de dores e desconfortos

1 — Banho de magnésio

Um banho quente pode ajudar a aliviar a tensão e as cólicas, às vezes quase instantaneamente. Ele inunda os músculos doloridos com oxigênio, eliminando a dor naturalmente.

Adicione um punhado de sais de banho de magnésio ou magnésio em flocos à sua banheira para promover o relaxamento muscular. “O mineral ativa o sistema nervoso parassimpático, que promove sensações de calma e relaxamento”, explica a nutricionista Kim Pearson.

2 — Óleo de cravo

Um ótimo remédio natural para dor de dente é o óleo de cravo. De acordo com um estudo da Associação Britânica de Cirurgiões Orais e Maxilofaciais publicado no “The British Journal of Oral and Maxillofacial Surgery”, esfregar um pouco do ingrediente nas gengivas doloridas é mais eficaz do que outros analgésicos. “Isso entorpece temporariamente os nervos”, explica o farmacêutico Sid Dajani.

3 — Chá de gengibre e cúrcuma

Chá de gengibre e cúrcuma ingerido diariamente pode ser um dos melhores remédios naturais para aliviar dores. De acordo com um estudo do Centro Médico de Assuntos de Veteranos de Miami (EUA) e da Universidade de Miami, acredita-se que o gengibre seja tão eficaz quanto o ibuprofeno para o alívio da dor de algumas condições, como osteoartrite no joelho, sem os efeitos colaterais como úlceras estomacais e azia. Enquanto isso, a cúrcuma fornece propriedades anti-inflamatórias.

Para preparar, misture uma xícara de água fervente com meia colher de chá de gengibre moído e meia colher de chá de cúrcuma moída. Cozinhe de 10 a 15 minutos e coe.

4 — Sexo

De acordo com neurologistas da Universidade de Munster, na Alemanha, mais da metade das pessoas que sofrem de enxaqueca relatam melhora nos sintomas com sexo. O estudo também descobriu que uma em cada cinco pessoas experimentou alívio completo após a intimidade.

5 — Risadas

“O riso pode diminuir o cortisol e desencadear endorfinas, os produtos químicos naturais do corpo para o bem-estar”, diz Rebecca Kelly, fundadora da Haelan Therapy. “O riso não pode tirar a dor, mas pode diminuir sua intensidade.”

Nesse sentido, a professora de ioga Sarah Highfield recomenda o seguinte exercício: “Finja um sorriso ou pense em um momento engraçado para começar, depois solte uma risadinha, antes de começar uma gargalhada. Tente fazer sons de riso bobos. Algumas pessoas acham que fechar os olhos ajuda, para que possam visualizar um momento engraçado e sentir o riso e o espírito se construindo por dentro.”

6 — Alternar compressa quente e fria

Se você procura remédios naturais para o tratamento de dores nas costas como dores lombares, o fisioterapeuta Tim Allardyce sugere o uso de calor e gelo juntos para reduzir os sintomas.

“Enrole um pacote de ervilhas congeladas em uma toalha fina e coloque-o sobre o local dolorido por cinco minutos. Retire-o e coloque uma garrafa de água quente enrolada em pano sobre a área por cinco minutos e repita com o gelo. Faça isso até que a dor pare”, descreve.

7 — Pratique ‘mindfulness’

Conhecida como “The Mindful Nurse” (“A Enfermeira Atenta”, em uma tradução livre), Nikki Harman ensina aos seus pacientes técnicas que mudam a percepção da dor. “Dentro de quatro a cinco dias praticando-as, a maioria das pessoas acha que a dor diminui”, garante ela. Experimente:

Respiração correta: “Quando estamos com dor, respiramos superficialmente, mas isso aumenta os níveis de hormônios do estresse que pioram a dor”, explica. “Em vez disso, diminua e aprofunde sua respiração. Ao inspirar, expanda sua barriga e, ao expirar, empurre-a de volta.”

Imagine sua dor como algo físico: Pode ser um personagem de desenho animado, uma forma ou apenas uma cor. Então, enquanto respira, visualize algo destruindo essa imagem.

8 — Ajuste sua posição de dormir

Caso a dor nas costas à noite atrapalhe seu sono, ajustar sua posição de dormir pode ajudar. Se você dorme de lado, coloque um travesseiro entre os joelhos para evitar que a parte inferior da coluna se torça. Quem dorme de costas deve colocar um travesseiro sob os joelhos e uma pequena toalha enrolada sob as costas, e quem dorme de frente deve reduzir a tensão colocando um travesseiro sob a pélvis e a parte inferior do abdômen.

9 — Evite alguns vegetais

Tomates, berinjela e pimentas podem aumentar a dor em algumas pessoas, pois contêm o alcalóide químico solanina.

Se você está sofrendo com dores e desconfortos, experimente eliminá-los de sua dieta por duas semanas para testar sua sensibilidade. Se a dor diminuir, comece a comê-los gradualmente novamente e veja se ela aumenta. Se não aumentar, continue comendo-os normalmente.

10 — Faça ioga

Praticar ioga pode ajudar a reduzir a dor nas costas, e você pode fazê-lo no conforto de sua casa usando vídeos da internet.

Não tem certeza de qual é o melhor quando se trata de ioga ou pilates? Isso depende do que você deseja alcançar com sua prática — uma abordagem de atenção plena no ioga ou reabilitação por meio de movimentos focados no core no pilates?

Seja qual você preferir, ambos são remédios naturais que podem ajudar a melhorar a flexibilidade, a mobilidade e a força do core. Juntos, eles ajudarão a reduzir e prevenir dores nas costas recorrentes. Para um alongamento sem equipamentos, tente uma simples elevação do quadril para ajudar a aliviar a tensão nas costas.

  • Deite-se de costas, joelhos dobrados, pés afastados na distância dos quadris e a alguns centímetros de distância de suas nádegas;
  • Estenda o pescoço, o queixo no peito e descanse a cabeça, mantenha os braços retos ao lado do corpo, as palmas das mãos para baixo;
  • Respire algumas vezes e, ao inspirar, levante a pélvis do chão e levante os quadris, tirando a coluna do chão. Deve haver uma linha diagonal reta dos ombros aos joelhos;
  • Ao expirar, enrole o bumbum de volta ao chão. Repita 10 vezes.

-Publicidade-