Paisagens memoráveis com baixas temperaturas

Você é fã de baixas temperaturas? Então esses cinco roteiros são para você. Além do frio e a paisagem predominante de montanhas, serras e cânions, selecionamos roteiros com desafios para todo tipo de aventureiro. Confira:

Serra Fina (MG, SP e RJ)

Cheia de paisagens memoráveis, a região é a dona da “travessia mais difícil do Brasil”. A caminhada de 35 quilômetros, repleta de trilhas perfeitas para mountain bikers e corredores, é realizada em altitudes próximas aos 2.000 metros, por cristas estreitas de montanhas (daí que vem o nome “serra fina”). Se a ideia for acampar, o Alto do Capim Amarelo, um dos famosos picos do lugar, é ótimo para pernoitar.

Dica: O charmoso Refúgio Serra Fina está situado ao pé das montanhas da Mantiqueira e, além de hospedagem, funciona como porta de entrada para a serra.

Aparados da Serra (RS e SC)

O Parque Nacional de Aparados da Serra é conhecido por suas paisagens fascinantes e misteriosas. Quando os extensos e frios Campos de Cima da Serra terminam, formam-se penhascos e abismos de até 1.200 metros de altura. É por lá também que fica o Fortaleza, considerado o maior cânion da América Latina, com 30 quilômetros de extensão. Na parte baixa, rios de água cristalina, piscinas naturais e várias cachoeiras completam o cenário.

Dica: O site Guia Aparados da Serra traz valiosas informações sobre a região, além de oferecer sugestões detalhadas de hospedagem, alimentação e guias para os turistas.

Parque Nacional de Itatiaia (RJ e MG)

É só olhar para o famoso Pico das Agulhas Negras, a sexta montanha mais alta do Brasil, com 2.787 metros de altura, para entender o porquê do nome Itatiaia (em tupi, “rocha cheia de pontas”). A região, além de possuir trilhas com diferentes níveis de dificuldade para quem curte pedalar ou correr, abriga montanhas e paredões perfeitos para escalada. Por essas e outras é conhecida por alguns sites especializados como o “berço do montanhismo brasileiro”.

Dica: A agência Pisa Trekking oferece pacotes de viagem para lá a partir de R$ 790.

Serra do Rio do Rastro (SC)

Recheado de trilhas, matas e cachoeiras, essa serra é um dos cartões-postais de Santa Catarina. Cortada pela rodovia SC-438, uma via de subidas íngremes e curvas fechadíssimas, trata-se de um roteiro certeiro e desafiador para arriscar um treino de bike e corrida. No meio do caminho, mirantes como o Monte Negro (o ponto mais elevado da região, com 1389 metros de altura), fazem o passeio valer ainda mais a pena.

Dica: A Graxaim Ecoturismo e Aventuras é uma agência de turismo localizada nas serras catarinenses que oferece passeios e atividades personalizados com guias credenciados. graxaim.com