Colete compacto

Testamos o colete corta-vento Ultralight, da Decathlon, ideal para pedais no frio moderado

Por Fer Beck

Usar a bicicleta como meio de transporte diário significa estar sempre preparado para mudanças bruscas no clima, pneus furados e fome insaciável. Para todos estes problemas, existem técnicas fáceis de prevenção e conserto. Aqui, analisaremos um produto que cai como uma luva no primeiro deles.

Moro em São Paulo e pedalo todos os dias para ir ao trabalho e a todo lugar. Isso me dá bastante terreno acidentado para testar produtos usados na bike. Recentemente, ganhei um colete corta-vento 500 Ultralight, da Decathlon, que vem quebrando o galho principalmente na hora em que saio do trabalho, quando a noite já caiu e o vento não perdoa.

Feito de 100% poliéster, o produto é muito leve (o fabricante especifica 91 gramas no tamanho G – o meu é tamanho P), e mesmo assim resiste bem ao vento, garantindo um conforto térmico necessário principalmente no começo do pedal, quando o corpo ainda não está aquecido. Para mim, que suo bastante e costumo passar calor pedalando, o colete está servindo perfeitamente no outono, já que bloqueia o vento mas não superaquece meu corpo e, ao contrário de capas impermeáveis, não “gruda” no corpo com o suor. A peça também tem recortes na parte superior das costas para auxiliar com a circulação interna de ar.

DEU RUIM: Detalhe da parte do tecido na qual o zíper “pegou”

Em uma das primeiras vezes em que usei o colete, o zíper “engripou” no tecido na hora de fechar. Foi fácil de consertar (bastou puxar um pouquinho), mas deixou uma marca ao lado do zíper, o que além de prejudicar a peça esteticamente me deixa preocupada em relação ao futuro deste pedacinho (será que vai furar? Só o tempo dirá).

O 500 Ultralight tem detalhes refletivos, mas bem pequenos, apenas em parte das letras que escrevem seu nome ao lado do zíper e no ombro. Não entendi a proposta (que é, na verdade, um fato comum): se o produto terá pontos refletivos, por que não colocá-los em pontos estratégicos, em formato mais concentrado, para que eles cumpram sua função com mais eficiência? Outro ponto que me deixou em dúvida foi a cor: branco é uma cor boa para pedalar, por refletir bastante luz e chamar a atenção, porém é certeza de que a peça vai encardir, principalmente ao redor do pescoço, ponto de maior contato com a pele (e com o suor).

COMPACTO: O colete 500 Ultralight dentro de seu próprio bolso

Achei um pouco difícil guardar o colete dentro de seu próprio bolsinho, mas pode ser só uma questão de acostumar com o processo, e, mesmo quando não está dobrado, ele ocupa muito pouco espaço. Mais compacto do que um casaco com mangas, o colete 500 Ultralight é uma ótima opção para “morar na mochila” de quem ama pedalar (e detesta passar frio).


decathlon.com.br
R$ 70

SHARE