Casal debocha da quarentena por coronavírus pedalando e é isolado pela justiça

Reprodução

Rodou pela internet nos últimos dias um vídeo com um casal de Itapira que pedalar, às gargalhadas, dizendo que já que estão em quarentena por causa do coronavírus e devem fazer quarentena, vão pedalar 70, 80 quilômetros por dia para espalhar o coronavírus. O casal voltou recentemente de uma viagem à Europa já durante a pandemia do coronavírus. Ao ver o vídeo, moradores ficaram revoltados com o casal e ameaçaram chamar a polícia.

“Fomos confinados pelo mundo da população, porque a nossa saúde está muito debilitada. […] A gente vai pedalar uns 70, 80 [quilômetros] por dia até onde a nossa saúde vai aguentar. Já que estamos com coronavírus, então vamos levar ele para o mundo do ‘mountain bike’. Só um esclarecimento pro povo que está excluindo a gente da sociedade”, disse um deles.

+ 11 dúvidas sobre viagem e treino na quarentena
+ Universidade lança cartilha com orientações nutricionais para enfrentar o coronavírus

Na sexta-feira (20), o Ministério Público entrou com uma ação civil pública, atendida pela Justiça de Itapira (SP), que determinou o um casal passasse por avaliação médica ou da vigilância epidemiológica para verificar se os dois estão infectados e garantir que cumpram medida de isolamento ou quarentena. Em caso de descumprimento da sentença, a pena é de multa diária de R$ 10 mil.

“A gente tava viajando na Europa e isso pode ter causado algum mal para as pessoas. Mas como nós fomos confinados pela população, porque a nossa saúde está muito debilitada, aproveitando que por 40 dias a gente não pode fazer nada, nós vamos pedalar para ver onde a nossa saúde vai aguentar. Porque já que nós estamos com coronavírus, nós vamos levar ele para o mundo”, debocha a mulher em um dos vídeos. 

A repercussão do vídeo foi extremamente negativa e a mulher postou um vídeo em suas redes sociais alegando que tinha sido apenas uma brincadeira. A recomendação das autoridades à toda a população é sair o mínimo possível. Quem voltar de viagem, sobretudo de regiões afetadas como a Europa, deve observar quarentena e tomar medidas de autoisolamento.