O que você deve fazer se ficar enjoada no treino?

ficar enjoada no treino
Foto: Shutterstock.

Você mal começa o treino e já começa a ficar enjoado. Isso atrapalha todo o desempenho e até faz você terminar antes. Quando é em algum tipo de prova, às vezes é pior ainda. O que fazer então, para não ficar enjoada no treino?

>> Siga a Go Outside no Instagram

Vamos entender o problema. Quando você começa a se exercitar, há um deslocamento de sangue a partir do trato intestinal para os músculos que estão sendo usados. Quando o intestino e o estômago estão sem sangue, a digestão cai dramaticamente, o que pode levar ao desconforto. Ou seja, o que e quando você come vai influenciar diferetamente.

+ O que fazer para evitar dores de estômago no dia da corrida  
+ O que comer em provas e expedições em altitude
O efeito ainda pode intensificar se está muito quente ou se você treina com muita intensidade. No caso da corrida, a própria atividade pode ser um problema. O conteúdo no seu estômago, seja comida, sejam os líquidos digestivos, começam a chacoalhar lá dentro. Inclusive o problema é mais comum entre corredores do que ciclistas, por exemplo. Treinos com saltos ou movimentos bruscos podem ter o mesmo efeito.

Como faço para o enjôo passar?

Primeiramente, faça uma triagem. Dá só uma sensação de excesso no estômago ou você chega a ter ânsia de vômito? Dependendo da resposta, você pode mudar sua alimentação pré-treino. Você também pode tentar fazer um treino menos intenso, deixando os exercícios mais fortes para o final, se estiver se sentindo bem. Um gole d’água pode ou não ajudar – a água pode lavar à acidez do refluxo, ou contribuir para o sentimento de enjoo –, então teste com cuidado.

Como ficar enjoada no treino de novo

A forma mais fácil de prevenir: planeje bem suas refeições pré-treino. Não beba água ou outros líquidos por 10 a 15 minutos antes do treino, embora tenha certeza que você esteja hidratado para realizá-lo, já que a desidratação pode reduzir o volume sanguíneo e causar o problema no fluxo sanguíneo mencionado acima.

Alimentos precisam de mais tempo para passar para o estômago. Leva-se um mínimo de duas horas para digerir itens como bananas e torradas, e mais de quatro para refeições mais pesadas ou gordurosas.

Você também pode preferir atividades que requerem menos impacto e mais intensos nessas novas aulas. Se os enjoos continuarem acontecendo, visite um médico. Alguns remédios também podem facilitar a digestão e diminuir os sintomas.

-Publicidade-