UCI exige que técnico se desculpe por comentários machistas ou pague multa de R$ 113 mil

Por Velo/Outside USA

Técnico da equipe de ciclismo da UCI Soudal-Quick Step, Patrick Lefevere
Foto: Reprodução/Soudal Quick-Step

Ex-ciclista profissional belga e atual técnico da equipe Soudal-Quick Step, Patrick Lefevere deve pedir desculpas publicamente ou enfrentar uma multa de 20.000 francos suíços (cerca de R$ 113.000) por duas instâncias de comentários públicos “desdenhosos” em relação às mulheres, de acordo com uma decisão da Comissão de Ética da UCI divulgada nesta quinta-feira (14).

+ Tragédia nos Alpes: cinco esquiadores da mesma família morrem congelados

O painel não especificou os comentários ou situações que fazem parte das acusações feitas contra o técnico da Soudal Quick-Step.

Veja o que o comitê disse em um comunicado público nesta quinta-feira:

“Após um relatório referente ao Sr. Patrick Lefevere, Gerente Geral da UCI WorldTeam Soudal Quick-Step, por comentários públicos considerados desdenhosos em relação às mulheres, a Comissão de Ética confirmou que houve violações dos artigos 5 e 6.1 do Código de Ética em duas instâncias. Foi solicitado ao Sr. Lefevere que fizesse uma declaração pública reconhecendo a inadequação de seus comentários e pedindo desculpas por isso.”

A multa seria revogada se Lefevere pedisse desculpas e “não cometesse uma violação semelhante do Código de Ética da UCI nos próximos três anos”, conforme uma nota de imprensa.

Não está claro quem poderia ter feito queixas ao painel de ética independente associado ao órgão diretivo internacional do ciclismo.

A decisão pode ser apelada para o Tribunal de Arbitragem do Esporte (CAS).

O técnico belga de 69 anos muitas vezes se encontra em águas turbulentas por alguns de seus comentários e observações sobre o ciclismo profissional.

Lefevere escreve uma coluna semanal em um jornal belga que frequentemente é reproduzida por sites de ciclismo. Uma entrevista recente em uma revista belga provocou a ira da esposa do ciclista francês Julian Alaphilippe devido a comentários de que ele não estava trabalhando o suficiente. Lefevere disse que mais tarde se encontrou com Alaphilippe para esclarecer a situação.

Não houve resposta imediata de Lefevere [sobre o comunicado da UCI].







Acompanhe o Rocky Mountain Games Pedra Grande 2024 ao vivo