Entre um rodízio de fondue e vinho, durante o dia pegue uma bike e aproveite as trilhas que possibilitam práticas de esportes outdoor em Campos do Jordão – SP. Carlos Cristóvão, atleta de mountain bike e guia de bike na região selecionou quatro trilhas ideais para MTB. As sugestões vão desde as mais fáceis, para iniciantes, até as de níveis elevados, para os profissionais. Confira:

+ Pedra Grande promete desafios e belezas naturais no Rocky Mountain Games
+ 5 festivais de montanha para te inspirar no Rocky Mountain Games

4 trilhas de bike na região de Campos do Jordão

1 – Zoom Bike Park

O Zoom Bike Park é um espaço de mountain bike em Campos do Jordão perfeito para alugar bicicletas e ter uma experiência radical. O espaço é destinado tanto para pessoas com pouca prática quanto para experientes.

Com 32 km de “single tracks” — sendo que 22 km foram construídos do zero, seguindo orientações internacionais no padrão IMBA (International Mountain Bicycling Association) —, o ciclista conta com 18 trilhas que, ao pedalar uma por vez, resulta em aproximadamente 46 km de percurso.

Além disso, o Zoom Bike Park oferece aluguel de mountain bikes, lojinha, estacionamento, vestiários, box lava bike, serviços de tirolesas, passeios à cavalo, arborismo, restaurante, lanchonete e chalés para hospedagem.

2 – Trilha do zigue-zague (Zig-Zag)

Famosa desde os anos de 1980, quando aconteciam as corridas de motos, a Zig Zag é uma das trilhas mais procuradas da região. Seu ponto mais alto fica a 1.659m acima do nível do mar, com extensão de 15 km, e leva de 1h30 a 2h para completá-la.

A trilha, que se alterna entre single track e aberta, é considerada difícil por ter 10 km de extensão. Porém, a caminhada é compensadora quando, nos 2 km antes de terminar a trilha, aparece a estonteante cachoeira do Lajeado, um dos pontos turísticos mais importantes de Santo Antônio do Pinhal, onde se pode tomar um banho revigorante.

3- Big Biker

A prova é disputada anualmente desde 2001 no sistema maratona, em que o ciclista percorre grandes distâncias por todo tipo de via em uma única volta. Algumas etapas podem chegar a mais de 100 km de percurso consagrando-se vencedor o atleta com o menor tempo de prova. As categorias são Pró e Sport, diferenciadas pela distância a ser percorrida e dentro de cada uma delas, os atletas são divididos por idade.

Um dos percursos atravessa Campos/Santo Antônio do Pinhal e São Bento. Carlos gosta de treinar e levar seus alunos, pois é um circuito com subidas duras e técnicas, com algumas descidas velozes.

4 – Travessia do Baú

Localizado na Serra da Mantiqueira, com picos de até mais de 2 mil metros, o trajeto liga Campos do Jordão e São Bento do Sapucaí. O visitante pode até sair de São Paulo pedalando para transformar o passeio em uma viagem de um dia.

Na estrada de terra, há uma apreciável vista da Pedra do Baú e estabelecimentos de refeição. Muitas estradas levam a famosa Baú e à Estrada do Campista.

Não importa se a trilha é fácil ou difícil, Carlos recomenda que o ciclista se hidrate muito e proteja a pele contra os raios solares, além de aquecer o corpo antes dos passeios.

-Publicidade-