Trem de 100 anos oferece roteiro para conhecer o deserto australiano

Trem de 100 anos oferece roteiro para conhecer o deserto australiano
Foto: Divulgação

Depois de ficar um bom tempo com as fronteiras fechadas, a Austrália voltou a receber viajantes no último mês e também retomou com uma das suas joias turísticas a todo vapor, o trem luxuoso “The Ghan”, de quase 100 anos que faz uma viagem incrível através de paisagens recheadas de terras e colinas avermelhadas, assim como o famoso trem.

+ Gosta de caminhar? Veja algumas das melhores trilhas da Itália

+ Latam suspende 21 voos nacionais devido ao aumento dos combustíveis

+ Big rider Alex Botelho processa WSL depois de quase morrer afogado em Nazaré

Com 44 vagões, o The Ghan possui aproximadamente 1,6 km de comprimento. Ele é tão grande que seu último vagão chega na estação cerca de 15 minutos após o primeiro. O transporte faz o percurso entre Darwin, costa norte do país, a Adelaide, no extremo sul, desde 1929. A viagem possui 54 horas, percorrendo quase 3 mil km, totalizando mais de dois dias inteiros.

O trem oferece dois tipos de pacote: Ouro e Platinum. No primeiro pacote, os turistas dormem em uma cabine e têm acesso a um lounge compartilhado. Já no pacote Platinum, são oferecidos jantares e mobílias luxuosas em suítes grandes, com atendimento personalizado.

Porém, passar toda a viagem dentro do trem seria desperdiçar oportunidades igualmente ricas com as paisagens que podem ser vistas pelas janelas. Pensando nisso, o The Ghan ainda oferece um jantar sob as estrelas na famosa estação Telegraph, em Alice Springs.

Além do que já foi mencionado anteriormente, o serviço ainda te levará para conhecer pontos importantes do país como Coober Pedy, a mina subterrânea de opala, monolito Uluru ou Nitmiluk Gorge, uma terra indígena.

O trecho entre Darwin e Adelaide custa a partir de 2.165 dólares australianos (R$ 7.983). É possível fazer reservas para viver algumas das experiências e também agendar viagens diretamente no site.

-Publicidade-