Começa temporada de baleias no Brasil; Litoral Norte de SP tem observação

Por Redação

Começa temporada de baleias no Brasil - Go Outside
Foto: Rafael Souza

Começa em junho a temporada de baleias em toda a costa do Brasil, que vai até o mês de novembro. Os animais chegam em águas brasileiras para se reproduzir e ter seus filhotes.

+ VÍDEO: Baleia jubarte morta é encontrada na praia de Riviera de São Lourenço (SP)
+ Baleia-jubarte avistada no litoral paulista. Vídeo

O Litoral Norte de São Paulo é uma das opções de observação dos cetáceos no Brasil, investindo em atividades para o público. Segundo dados do Projeto Baleia à Vista, na temporada de 2021, mais de 300 baleias passaram pelas águas da região que compreende as cidades de Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba.

O Litoral Norte de São Paulo tem uma fauna marinha bem rica e diversa e, mesmo em águas mais costeiras, é possível se observar 4 espécies de baleias e 7 espécies de golfinhos, além de tartarugas, raias-manta, tubarão-baleia e uma enorme diversidade de aves pelágicas.

As baleias jubarte, grandes estrelas da região, costumam ser avistadas entre maio e agosto. As gigantes nadadoras desta espécie chegam a ter 16 metros e podem pesar até 35 toneladas.

Para o idealizador do Projeto Baleia à Vista, Julio Cardoso, ainda há muita pesquisa a ser feita para entender os hábitos da espécie, mas é fato que, nos últimos anos, vem sendo notado um registro maior de baleias no litoral brasileiro.

“A maior parte delas, nessa trajetória de vir da região fria, indo para a região de reprodução nas águas mais quentes. Mas as que passam e ficam no Litoral Norte de São Paulo são as mais jovens. Algumas nem vão completar essa migração, pois não estão em idade de reprodução. Descobrimos que estão buscando algum tipo de alimento, fazendo a troca de pele. Ainda estão pesquisando para entender melhor”, diz.

Para desenvolver atividades de avistamento de cetáceos na temporada de baleias no Brasil, é fundamental que os municípios tenham uma infraestrutura adequada de píeres de embarque e desembarque de passageiros para esse tipo de atividade.

“É uma natureza muito rica e de grande biodiversidade que pode ser explorada de forma sustentável pelo turismo de natureza responsável, que é o tipo de turismo que mais cresce no mundo”, acrescenta Cardoso.

-Publicidade-