Nirmal Purja, o nepalês que escalou as 14 maiores montanhas do mundo em 189 dias

Por Redação

"Vai um 8 mil metros aí?".

Em outubro de 2019, o montanhista nepalês Nirmal “Nims” Purja conquistou o que muitos passam a vida tentando e alguns morrem sem conseguir: escalar todas as 14 montanhas do mundo acima de 8.000 metros de altura. E ele foi além, fez tudo em 189 dias, um recorde absoluto.

Dois anos depois, essa saga será contada em um documentário da Netflix. 14 Peaks: Nothing Is Impossible estreia no dia 29 de novembro em todo o mundo. O documentário também será traduzido para 31 idiomas diferentes. No Brasil ele se chamará: 14 Montanhas, 8 Mil Metros e 7 Meses.

Às 8:08 horas de uma terça-feira, 29 de outubro, Nirmal completou a última de suas 14 subidas, até o cume de Shishapangma. Ele e sua equipe foram obrigados a obter uma permissão especial de escalada da Associação de Montanhismo da China no Tibete, já que a China havia fechado Shishapangma para outros alpinistas naquela temporada

Nirmal optou por usar oxigênio suplementar em algumas de suas subidas, justificando a escolha pelo enorme tamanho do desafio que ele havia se colocado.

Meses antes, o nepalês havia escalado o Everest, Lhotse e Makalu (a primeira, quarta e quinta montanhas mais altas do mundo) consecutivamente em apenas 48 horas, o que tornou a conquista ainda mais extraordinária.

Quem é Nirmal Purja

Nirmal Purja nasceu em 1984. Aos 22 anos, alistou-se no exército dos Gurkhas, serviço militar especial das Forças Armadas Britânicas em conjunto com a Índia.

Considerada uma espécie de elite da Marinha Real Britânica, o Special Boat Services ou SBS, dos Royal Marines. Para integrá-la, os seus integrantes são selecionados dos Royal Marines Commandos (Fuzileiros Navais Reais) e são treinados pelo 22 SAS (Special Air Service), uma força especial do Exercito da Britânico, conhecida pela sua alta capacidade em condições extremas.

A carreira militar de Purja durou 16 anos, até que decidiu se concentrar exclusivamente em seu Project Possible, que era escalar todas as montanhas acima de 8.000 metros em menos de 7 meses.

Escalar todos os gigantes do Himalaia tem sido um desafio cobiçado no alpinismo. Pela primeira vez que alguém conseguiu escalar as 14 montanhas foi Reinhold Messner. Em 1986 ele também foi o primeiro a escalar todos os picos sem oxigênio suplementar. Em 2010, Edurne Pasaban se tornou a primeira mulher a completar todas montanhas com mais de 8.000 mil metros.

O antigo recorde para a tentativa das 14 montanhas acima de 8.000 metros era de sete anos, 10 meses e seis dias e foi realizada pelo montanhista coreano Kim Chang-ho em 2013.

As montanhas acima de 8.000 metros subidas por Nirmal Purja em 2019:

Annapurna (8.091 m): 23 de abril
Dhaulagiri (8.167 m): 12 de maio
Kanchenjunga (8.586 m): 15 de maio
Lhotse (8.516 m): 22 de maio
Everest (8.848 m): 22 de maio
Makalu (8.481 m): 24 de maio
Nanga Parbat (8.126 m): 3 de julho
Gasherbrum I (8.068 m): 15 de julho
Gasherbrum II (8.035 m): 18 de julho
K2 (8.611 m): 24 de julho
Broad Peak (8.051 m): 26 de julho
Cho Oyu (8.201 m): 23 de setembro
Manaslu (8.156 m): 27 de setembro
Shishapangma (8.013 m): 29 de outubro

-Publicidade-