Protesto pela água: 16 artistas grafitam ponte em SP

grafitti pela água
Foto: Divulgação

Com o foco de chamar a atenção da população pela preservação da água, o projeto “Graffiti pela Água”, terá um grande destaque na ponte do rio Pinheiros, e será um dos maiores grafites da cidade, com 55 metros de extensão, cobrindo todo o perímetro da ponte de 1.200 m². O projeto foi idealizado por Rodrigo Cordeiro, um dos principais influentes e organizadores de eventos voltados a água e saneamento no Brasil

+ Solstício de inverno: Brasil pode ter seca, frio e chance de nevar, confira!

+ Como as empresas podem mudar o racismo no meio outdoor

+ Como um fora da lei virou um dos heróis do meio ambiente

Nesta primeira edição, o protesto pela água contará com o apoio da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), que ofereceu a ponte próxima à Ponte Cidade Universitária para 16 artistas realizarem seus trabalhos.

A estrutura para realizar a grafitagem foi instalada na semana do Meio Ambiente e arte deve ser concluída nos próximos 15 dias. No momento, a ponte já possui 25% do espaço grafitado com as pinturas dos artistas escolhidos.

“Queremos despertar o sentimento de pertencimento com a água e com o Rio que é parte da nossa cidade e da nossa vida”, conta Rodrigo Cordeiro em entrevista.

O projeto contará com três chaminés de equilíbrio (estruturas metálicas nas margens dos rios) e artes em 30 telas que serão expostas itinerante pela cidade. Além de São Paulo, o protesto “Grafitti pela Água” pretende percorrer por outras grandes cidades do território brasileiro.

-Publicidade-