Os melhores e piores alimentos para quem tem diabetes

Os melhores e piores alimentos para quem tem diabetes
Foto: Pexels

Pessoas com diabetes podem sofrer a cada refeição. Afinal, em meio a tantas restrições alimentares, como saber quais alimentos são adequados?

Segundo o “Tua Saúde”, de onde são as informações, o principal ponto de atenção na dieta de uma pessoa diabética é o controle da glicose: caso a quantidade de açúcar no sangue seja exacerbada, faz-se presente a hiperglicemia, ao passo que, se ele estiver em queda exagerada, trata-se de um caso de hipoglicemia — ambas prejudiciais à saúde.

+ Macarrão vegetal ou tradicional: qual é o mais saudável?

+ 3 dicas para abandonar de vez o refrigerante

+ Thiago Camarão recompensado em seu quintal

O desequilíbrio da substância no sangue pode ocasionar tontura, fraqueza, dor de cabeça e até complicações mais graves, como cegueira. Dessa forma, a alimentação é essencial para que pessoas diabéticas possam viver uma vida mais saudável e sem condições subjacentes — e o acompanhamento profissional com endocrinologistas e nutricionistas é indispensável.

Os melhores alimentos para quem tem diabetes

De acordo com o portal, os alimentos ricos em fibras são essenciais para pessoas diabéticas, pois ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue (glicemia). Além disso, opções de baixo índice glicêmico mantém os níveis da substância equilibrados.

Dentre os alimentos preferenciais para consumo por diabéticos estão:

  • Grãos: lentilha, feijão, grão de bico e soja;
  • Frutas frescas com casca: maçã, pera, laranja, pêssego, damasco, tangerina, frutas vermelhas e banana verde;
  • Vegetais: alface, brócolis, abobrinha, cogumelos, cebola, tomate, espinafre, couve-flor, pimentão, berinjela e cenoura;
  • Carnes magras: frango, peru, peixe, frutos do mar, ovos e tofu;
  • Laticínios: leite e iogurte desnatados, queijo ricota, Minas ou cottage;
  • Outros: adoçante de estévia; cereais como aveia, milho e centeio; sementes de girassol, linhaça, chia e abóbora; nozes, castanha de caju, amêndoas, avelã e amendoim; chás e café sem açúcar.

O portal ainda ressalta que o ideal é comer pequenas porções de alimentos a cada três horas, e as frutas permitidas devem ser consumidas junto com os outros alimentos em pequenas porções e preferencialmente inteiras e com casca.

Os piores alimentos para quem tem diabetes

Um grande ponto de atenção para pessoas diabéticas é a redução do consumo de alimentos gordurosos, que favorecem a glicemia. Quem tem diabetes deve evitar arroz branco, salgadinhos industrializados e derivados de farinha branca, como bolos, pães e biscoitos.

Outros alimentos a se evitar são:

  • Frutas: melancia, frutas em calda, geleias, sucos e frutas secas como damasco, tâmara, uva passa e ameixa;
  • Embutidos: salame, mortadela, presunto e salsicha;
  • Adoçantes: açúcar, mel, açúcar mascavo, sorvetes e chocolates;
  • Gorduras: manteiga, óleos vegetais refinados (como de soja ou de girassol); margarina, banha de porco e alimentos fritos;
  • Laticínios: leite e iogurte integrais, queijos amarelos, leite condensado, requeijão, creme de leite e cream cheese;
  • Outros: bebidas alcoólicas, sucos industrializados e refrigerantes.

Alimentos que devem ser consumidos com moderação

Alguns alimentos podem ser benéficos para a saúde das pessoas diabéticas, desde que consumidos com moderação. Nessa lista, incluem-se carne vermelha, arroz e pão integrais, cuscuz, farinha de mandioca e milho, pipoca e ervilha, além de:

  • Tubérculos e legumes: batata, batata doce, abóbora, mandioca, inhame, beterraba e nabo;
  • Frutas: melão, mamão, jaca, caqui, pinha e uvas;
  • Óleos: azeite de oliva e óleos de linhaça, abacate e coco;
  • Adoçantes: sacarina sódica e aspartame;
  • Laticínios: leite e iogurte semidesnatados;
  • Doces: chocolate amargo, preferivelmente com mais de 80% de cacau.

-Publicidade-