‘Estou vivendo o melhor momento da minha carreira’, diz Letícia Bufoni sobre foco em projetos pessoais

Por Jade Rezende

Letícia Bufoni foca em projetos pessoais e diz estar vivendo melhor momento da carreira - Go Outside
Foto: Reprodução/Instagram

Ao decidir não fechar contrato com a seleção brasileira de skate em 2022, Letícia Bufoni resolveu focar em projetos pessoais neste ano. Durante o Red Bull Pool Clash, campeonato de surf realizado na Praia da Grama na última terça-feira (17), a skatista disse à HARDCORE que vive o melhor momento da carreira e vai usá-lo para tirar projetos que idealiza há anos do papel.

+ Pedro Scooby curte dia de surfe com Letícia Bufoni e Paulo André: ‘Tô voltando’

“Eu venho competindo há 18 anos, então são quase duas décadas que eu não consigo fazer outras coisas porque estava focada em competição. Eu estou vivendo o melhor momento da minha carreira, então vou tirar esse tempo para focar em projetos bem bacanas que eu tenho muita vontade de fazer”, conta a 6 vezes campeã dos X-Games.

Entre as novidades que prepara, a paulistana está gravando uma série documental junto com a Red Bull, um de seus principais patrocinadores, além de produzir conteúdo para um canal do YouTube. A skatista ainda revelou à HARDCORE que também está trabalhando em um “projeto da vida” com a marca, mas que ainda não pode dar detalhes. “É algo que estou há quatro anos tentando fazer e, por conta das Olimpíadas e das competições, eu não consegui realizar. Então esse ano o foco é total nisso”, diz.

Volta à seleção e Paris 2024

Apesar de não fazer parte do Time Brasil este ano, Bufoni conta que ainda deve participar de algumas competições em 2022. “Quando eu decidi não fechar com a seleção, já avisei que não é porque eu não faço parte do Time que eu não vou competir. Eu ainda vou participar de algumas disputas esse ano, mas vou selecionar bastante porque vou focar em outros projetos”, revela Letícia Bufoni.

Sobre as Olimpíadas de Paris 2024, a skatista diz que pensa sim em disputar os Jogos, mas não sabe se terá tempo hábil para treinar e se dedicar. “Eu queria muito ir para Paris, porém não é tão simples assim, é uma estrada muito longa até lá. São três anos de muita dedicação em competições e não sei se estou no momento certo para me dedicar por tanto tempo e deixar meus projetos de lado novamente”, conta.

+ Surf, skate e escalada são oficializados nas Olimpíadas de Los Angeles 2028

Na estreia da modalidade no Jogos de Tóquio no ano passado, Bufoni não chegou na final e foi a 9º colocada nas eliminatórias do street.

A campeã e referência mundial no skate, no entanto, não descarta a possibilidade de disputar o pódio nos próximos Jogos Olímpicos. “Se eu conseguir resolver tudo, fechar todos os projetos até o ano que vem, quem sabe eu não possa entrar ainda”, completa.

-Publicidade-