Um jovem de 21 anos morreu no sábado (28), enquanto praticava Slackline Highline em Sobradinho, no Distrito Federal. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), a vítima caiu de uma altura de aproximadamente 50 metros e não resistiu.

Segundo os militares, o jovem, identificado como Jonas Pereira da Silva, sofreu trauma cranioencefálico (TCE) grave, além de múltiplas faturas. Além disso, os bombeiros informaram que o corpo da vítima estava no fim de um despenhadeiro da região, local usado para a prática esportiva. O jovem estava acompanhado de mais outros dois amigos e praticantes de slackline.

Leia Mais: O insano highline entre as ondas gigantes de Nazaré
Estudo revela que selfies têm levado a mortes e acidentes

O local onde o corpo foi encontrado é de difícil acesso e os militares precisaram usar técnicas de rapel para o resgate.

De acordo com o Jornal Correio Braziliense, o CBMDF informou que Jonas Pereira não usava todos os equipamentos de segurança no momento do acidente. Segundo relatou uma testemunha à Polícia Civil, apesar de estar com a cadeirinha para evitar quedas, o rapaz se esqueceu de conectar uma argola à corda.

O caso está sendo investigado pela 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho 2). Em nota oficial, a Polícia Civil informou que se trata “de ocorrência de morte acidental ainda sem causa definida, sabendo-se apenas que um praticante de esportes radicais faleceu após queda de grande altura. (…) A ocorrência foi registrada em princípio como ‘homicídio culposo’, com natureza em apuração, para melhor esclarecimento do acidente”. Agora, a perícia determinará as causas do acidente.

O que é o Slackline Highline

O Slackline Highline, ou também conhecido somente como Highline, é uma das modalidades de Slackline, sendo uma das vertentes mais desafiadoras. Neste caso, o objetivo é equilibrar-se em uma fita ancorada a mais de 10 metros de altura e pode ser feito entre formações rochosas, canyons e prédios.

-Publicidade-