Bombeiros e brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio) estão há mais de 15 dias lutando contra o fogo na região do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso. De acordo com o Jornal Estado de S. Paulo, devido as queimadas, o principal ponto turístico do Parque, a Cachoeira Véu da Noiva foi fechado na tarde de ontem (9).

Além disso, no final de semana o fogo atingiu o atrativo conhecido como Portão do Inferno, às margens da rodovia MT 257. Apesar do combate incessante desde o dia 8, o fogo se alastra rumo ao Complexo da Salgadeira. As queimada também já atingiu comunidades rurais na região das cachoeiras do Marimbondo e da Geladeira.

+ Imagens do espaço mostram o quão ruim são as queimadas na Amazônia

Cerca de 13% do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães já foram consumidos pelo fogo. O parque tem uma área total de 327,7 Km². Em agosto, por questões de segurança, o atrativo Cidade de Pedra foi fechado.

Não há previsão de chuvas para os próximos dias na região, que está em período de estiagem e baixa umidade relativa do ar.