Dois raros leões brancos nasceram no final de julho no santuário “Caresse de tigre”, no nordeste da França. De acordo com a Agência France Presse, essas fofuras foram batizadas de Nala e Simba, em homenagem ao casal protagonista do filme O Rei Leão.

O santuário ocupa 300 hectares da área de floresta da cidade de La Mailleraye-sur-Seine, e é gerenciado por dois ex-artistas circenses. Atualmente eles cuidam de doze grandes felinos, segundo o site da associação.

Os dois filhotes de leões brancos vivem com os proprietários e já são amigos dos cachorros do casal. Veja o vídeo dos filhotes em uma rede social:

De acordo com a entidade Proteção Global do Leão Branco, a maior parte destes animais vivem hoje em cativeiro. Estima-se que há menos de treze indivíduos da espécie soltos na natureza, onde são valiosas presas para caçadores.

O leão-branco é uma rara mutação de cor do leão-sul-africano, devido a uma particularidade genética chamada leucismo. A espécie esteve tecnicamente extinta durante ao menos doze anos até serem reintroduzidos à vida selvagem em 2004.