Dois montanhistas experientes morrem no Monte Whitney

Por Jake Stern, da Outside USA

Monte Whitney, na Califórnia
Monte Whitney, na Califórnia - Foto: Shutterstock

Dois montanhistas morreram após um incidente no Monte Whitney (4.418 metros), na Califórnia (EUA), segundo autoridades.

+ Guia sherpa de 54 anos morre na descida do Makalu
+ Novo filme de Felipe Camargo celebra primeiras ascensões no Brasil

Na quinta-feira (9), o escritório do xerife do condado de Inyo disse que os socorristas receberam um chamado em 7 de maio de dois caminhantes que estavam atrasados no Monte Whitney. De acordo com o relatório, os dois estavam escalando a rota “Mountaineer Route” do Monte Whitney e pretendiam descer até um ponto chamado de “Notch” antes de esquiar e fazer snowboard até o acampamento deles no Upper Boy Scout Lake. Quando os dois não chegaram ao destino, uma terceira pessoa no grupo chamou os socorristas.

“Tragicamente, ambos os caminhantes foram posteriormente encontrados mortos”, postou o xerife do condado de Inyo nas redes sociais em 9 de maio.

O jornal Sacramento Bee relatou que o Condado de Tulare confirmou as identidades das vítimas como Andrew Niziol, de 28 anos, residente de South Lake Tahoe, e Patty Bolan, de 29 anos, recém-formada em PhD pela UC Davis.

Uma tempestade de inverno atingiu a cordilheira da Serra Nevada de 3 a 5 de maio, deixando mais de trinta centímetros de neve em elevações mais altas. Em um comunicado à imprensa em 25 de abril, o o grupo de Busca e Resgate de Inyo alertou que ainda existem condições de inverno no Monte Whitney e que os montanhistas devem ter cautela ao tentar alcançar o pico.

Ethan Michael Cannaert, terceiro membro do grupo de escalada, postou em um grupo privado do Facebook pedindo ajuda depois de se separar de Niziol e Bolan na rota que faria com os amigos. No post, que foi compartilhada publicamente no Reddit, Cannaert disse que tinha retornado ao seu acampamento no Upper Boyscout Lake na hora da postagem. Ele havia descido do planalto do cume pela “Final 400”, uma seção muito íngreme de neve que representa o último ponto crítico da Mountaineer Route do Monte Whitney antes de Niziol e Bolan.

Cannaert esperou então na base do Final 400 pelos dois montanhistas e nunca mais os viu. Ele planejava encontrar Niziol e Bolan no Notch, onde todos os três membros tinham escondido esquis e pranchas divididas, enquanto Cannaert seguia adiante para escapar dos ventos gelados. Ele afirmou que Niziol e Bolan eram montanhistas experientes e estavam adequadamente equipados para as condições do alto da montanha.

O Monte Whitney é o pico mais alto dos Estados Unidos contíguos. Ele experimenta condições climáticas extremas. Em 17 de outubro de 2023, o piloto da Air France, Tom Gerbier, morreu em uma queda na Mountaineer Route em meio a condições semelhantes ao inverno.







Acompanhe o Rocky Mountain Games Pedra Grande 2024 ao vivo