Gradualmente, o turismo em algumas cidades brasileiras está retornando. De acordo com o Ministério do Turismo, na Bahia, o badalado município de Porto Seguro e os distritos de Arraial D’Ajuda e Trancoso começaram o processo de reabertura nas últimas semanas após adotarem rigorosos protocolos de prevenção contra a Covid-19.

As três localidades estão liberadas para banho e prática esportiva individual, porém com uso de máscara quando não estiver na água e distanciamento entre as pessoas. O Centro Histórico de Porto Seguro pode ser visitado livremente, porém barracas de praia e restaurantes devem operar com 50% da sua capacidade, assim como os meios de hospedagem.

Leia Mais:
+ Começa esta semana reabertura do Parque Nacional do Itatiaia
+ ICMBio reabre parques nacionais e demais unidades de conservação federais

Além disso, outras medidas foram adotadas como aferição da temperatura de todos os turistas que chegam à região, seja por via aérea ou terrestre; autorização de entrada de visitantes apenas com reserva em meios de hospedagem autorizados; e o limite de horário de funcionamento de bares e restaurantes, além de barracas de praia. A previsão é de que a reabertura total de Porto Seguro aconteça em outubro.

As atividades turísticas na capital Salvador foram retomadas e as cidades de Imbassaí, Diogo, Santo Antônio, Praia do Forte, Costa do Sauípe, Itacaré, Vitória da Conquista, dentre outros também. Já Morro de São Paulo, Boipeba, Maraú, Caraíva, e Lençóis – porta de entrada para a Chapada Diamantina – têm previsão para reabertura em setembro.

Segundo o governo da Bahia, atualmente, as localidades já abertas à visitação têm registrado grande procura, especialmente aos finais de semana, sendo o público formado por moradores da capital baiana e turistas de cidades vizinhas, porém já é possível perceber aumento na procura por pacotes de fim de ano por turistas de diversas partes do Brasil.