Trilha e vinho: 5 destinos vinícolas para combinar rotas

Por Redação

Trilha e vinho: 5 destinos vinícolas para combinar rotas - Go Outside
Vale do rio Ahr, na Alemanha. Foto: Shutterstock

Combinar rotas de vinho com uma trilha não é nada mal, certo? As regiões vinícolas costumam ser cercadas por natureza e há sempre uma forma de encaixar uma atividade no caminho.

+ Conheça 7 benefícios do vinho para tomar sem culpa

Uma pesquisa da Booking.com revelou que 19% dos viajantes brasileiros pretendem viajar para fazer trilhas. Pensando nisso, a plataforma selecionou cinco regiões vinícolas pelo mundo, com base na avaliação de viajantes, onde é possível combinar trilha e degustação de vinho. Confira:

5 destinos que combinam trilha e vinho

1. Porto, Portugal

De acordo com viajantes da plataforma, Porto é o destino mais recomendado quando se trata de viagens para degustar vinho. É fácil entender o motivo. Essa cidade litorânea no noroeste de Portugal é famosa pelos vinhos do Porto, produzidos no Vale do Douro. Além de ser Patrimônio Mundial da UNESCO, essa é uma das regiões vinícolas mais antigas do mundo e produz alguns dos melhores vinhos portugueses. Para conhecer a região, vale a pena caminhar pelos inúmeros vinhedos percorrendo uma das trilhas disponíveis. Os viajantes podem aproveitar a vista das colinas enquanto saboreiam uma taça de vinho em uma das diversas vinícolas.

+ 3 trilhas para fazer em Portugal

Onde se hospedar: Com uma vista para os vinhedos, o Ventozelo Hotel & Quinta fica localizado bem no meio do Vale do Douro, a apenas 2 horas de carro do Porto. Lá, é possível aproveitar a paisagem, além de tomar uma taça de um dos melhores vinhos de Portugal. A acomodação conta com vários edifícios que respeitam sua estrutura e raízes originais, enquanto os quartos apresentam arquitetura e design modernos. A culinária local pode ser saboreada no restaurante do hotel e há também passeios de degustação de vinho ou trilha guiada pela região.

2. Sonoma, Califórnia, Estados Unidos

Sonoma é o lugar perfeito para quem ama vinho e gosta de caminhar. O vale de Sonoma é um destino mundialmente famoso e conta com centenas de vinhedos, que vão desde os menores, administrados por famílias, até grandes vinícolas de renome internacional. Diversas vinícolas famosas têm suas origens nessa cidade da Califórnia. Como a região oferece muitos passeios de degustação de vinho e por vinícolas, não é surpresa que Sonoma seja muito bem recomendada para degustação da bebida por viajantes da Booking.com. Para os turistas mais aventureiros, a região também oferece passeios de mountain bike e de balão.

Onde se hospedar: Cottage Inn & Spa é uma acomodação aconchegante e romântica na região vinícola. Essa pousada campestre é ideal para relaxar depois de passar o dia conhecendo a região a pé. Lá, é possível fazer um tratamento no spa da acomodação ou apreciar a vista do jardim enquanto toma uma taça de vinho. Devido à boa localização, os hóspedes podem caminhar até as inúmeras opções gastronômicas que Sonoma oferece.

3. Florença, Itália

Florença é muito recomendada por seus vinhedos. A capital da Toscana, na Itália, produz vários vinhos italianos famosos. A região é repleta de hectares de belos vinhedos que os viajantes podem conhecer enquanto caminham por trilhas que levam a vinícolas com degustação de vinhos.

+ Veja rotas para explorar a Itália de bicicleta
+ Gosta de caminhar? Veja algumas das melhores trilhas da Itália

Onde se hospedar: Os viajantes podem aproveitar uma estadia toscana tradicional no Salvadonica, a apenas meia hora de carro de Florença. Este hotel-fazenda rural feito de pedra fica nas colinas de Chianti e é cercado de vinhedos e olivais. Depois de passar o dia conhecendo os arredores repletos de vinhedos, os visitantes podem relaxar no amplo jardim que fica em volta da piscina e tem vista das colinas do interior toscano.

4. Santiago, Chile

Um dos destinos mais recomendados por viajantes da Booking.com para visitar vinhedos é Santiago, capital do Chile. Existem muitas regiões vinícolas nos arredores, incluindo o Vale do Maule, uma importante região produtora de vinho para o Chile, responsável por boa parte da exportação da bebida do país. Obviamente, os viajantes gostam de ir para Santiago por causa de seus vinhos. É uma excelente ideia conhecer essas regiões vinícolas a pé, pois elas oferecem muitas opções de trilhas e degustações para fugir do agito da cidade e conhecer os vinhedos incríveis que o Chile oferece.

Onde se hospedar: Os viajantes podem se hospedar no Hotel Casa Real, uma das adegas mais antigas do Chile, localizada na região de Santiago, dentro do vinhedo de Santa Rita. Esse hotel boutique de luxo é um monumento histórico, onde o vinho é protagonista. É possível participar de degustações, organizadas pela acomodação mediante pedido, ou curtir um piquenique gourmet nos jardins do hotel. Para quem quiser saborear um vinho fora da acomodação e fazer atividades físicas durante a estadia, o hotel oferece passeios até as regiões vinícolas nas imediações, onde os hóspedes podem fazer trilhas e degustar vinhos pelos diferentes vinhedos.

5. Coonawarra, Austrália

A região vinícola de Coonawarra, no sul da Austrália, é um destino indispensável para quem adora vinhos tintos ousados. Apesar de a região não ser muito grande (somente 20 km de extensão), os viajantes podem passar o dia degustando vinhos de alta qualidade em vinícolas famosas. A região é perfeita para quem quer conhecer as vinícolas a pé. Existe até uma trilha das vinícolas de Coonawarra, onde os viajantes podem caminhar por 5 km de vinhedos e visitar seis vinícolas diferentes.

Onde se hospedar: Localizado dentro dos vinhedos, o Highbank Country Accommodation é perfeito para quem gosta de vinho e trilhas. Os hóspedes acordam em um vale e saboreiam o vinho delicioso produzido na região. É possível conhecer os arredores a pé e fazer trilhas pelos hectares de vinhedos nas imediações do B&B.

-Publicidade-