Você vai fazer a sua primeira competição de triathlon e não sabe como se preparar? Calma. Nós vamos te ajudar a entender qual o tempo mínimo de preparação para fazer uma boa prova mesmo na categoria amadora.

+ O que comer antes de uma competição
+ Treino funcional que garante força e estabilidade

Para quem não pratica nenhuma atividade e vai começar agora a se preparar para uma competição de triathlon, o treinador Danilo Ramos de Oliveira ressalta: mesmo as categorias amadoras de triathlon exigem bastante preparo, portanto é recomendável procurar antes de tudo algum tipo de orientação, para não correr o risco de overtraining ou lesões por falta de técnica. “Se o corpo não estiver condicionado, o risco de problemas articulares e cardiovasculares é grande”, alerta ele. Para os mais apressadinhos, seis meses de treinamento é o tempo mínimo necessário para fazer uma boa prova.

Rotina de treinos

Nesse período, Danilo sugere uma rotina de treinos diários com pelo menos três semanais de corrida, dois de bike, dois de natação e dois de musculação. Um exemplo: na segunda, quarta e sexta, faça natação de manhã e corrida à noite. Na terça e na quinta, pedale de manhã e faça musculação à noite. No sábado, um treino longo de bike e, no domingo, apenas natação ou descanso (ufa!). Fora isso, a estrutura física e as aptidões naturais da pessoa também serão determinantes no tipo de treino.

Ganho muscular e alimentação

Se for preciso perder peso, esse deverá ser o foco no início. Caso contrário, deve-se priorizar o ganho de massa muscular. Danilo chama também a atenção para a alimentação. “É sempre bom ter o acompanhamento de uma nutricionista, para ver como se alimentar ou suplementar antes e depois de cada um dos treinos.” Conforme a prova se aproxima, os treinos devem ficar mais leves, com distâncias menores e menos sobrecarga na musculação, para que se possa manter o condicionamento atingido sem cansar demais o organismo.

-Publicidade-