Como correr estando cansado?

Por Redação

correr estando cansado

Depois de lidar com o chefe exigente, o computador lento ou as mensagens de texto de seus filhos ou parceiro (ou as duas coisas!), quando o relógio marcar 17h30, você irá pensar que está exausto demais para correr. A ideia de correr estando cansado pode parecer impossível.

+ Veja protocolo de segurança para corridas durante a pandemia
+ Mitos e verdades sobre correr no calor

Cansaço pode soar estranho, considerando que você ficou sentado por oito horas, mas sua energia mental pode estar baixa e isso faz você se sentir fisicamente deixa cansado. Quando seu cérebro está comprometido a tomar minidecisões o dia inteiro, ele passa por algo conhecido como fadiga decisória. E a força de vontade das pessoas se torna cada vez mais fraca. As estratégias a seguir vão ajudá-lo a manter os bons hábitos e conseguir correr estando cansado, mesmo em dias mentalmente exaustivos.

COMECE BEM O DIA

Hábitos saudáveis como se exercitar pela manhã e comer um café da manhã balanceado podem criar um efeito dominó, fazendo com que você tome melhores decisões durante o dia. A força de vontade funciona como um músculo: quanto mais ela é exercitada, mais forte se torna. Mesmo que você não possa correr pela manhã, comece seu dia com uma atitude positiva. Isso diminui as chances de você desistir do treino mais tarde.

AGILIZE DECISÕES

Você não tem como controlar o que irá encarar no trabalho ou eventuais emergências na vida pessoal. Mas pode deixar algumas decisões de lado ao planejar seus treinos e preparar refeições com antecedência. Especialmente porque treinos difíceis exigem força mental. Ao voltar de um longão, seu poder de decisão pode não estar tão bom. Tenha um lanche pós-corrida saudável que foi preparado antecipadamente.

CORRA EM GRUPO

É preciso muita saúde mental para encaixar o ritmo certo em uma corrida. Deixar outra pessoa te ajudar nisso – seja um grupo ou alguém que corre regularmente com você – pode conservar sua energia mental, fazendo com que se sinta menos cansado durante a corrida. Ou que pelo menos seja menos dramático sair para correr estando cansado. O processo de tomada de decisão se torna muito simples: seguir o corredor à sua frente. Mas  a velocidade do seu pacer deve “bater” com a sua.

TENHA AÇÚCAR DE RESERVA

Quando seu corpo implora por uma pausa, reconheça que é seu cérebro tentando te deixar mais lento. Pesquisas apontam que essa exaustão é um fenômeno psicológico. A fadiga mental de correr em um ritmo forte pode fazer com que você sinta que não consegue seguir em frente, ainda que tenha energia física de sobra (glicogênio em seus músculos). Uma dose de açúcar, porém, pode enganar seu cérebro. Provar algo doce pode restaurar a habilidade do cérebro de tomar boas decisões. Um estudo provou que um bochecho com uma bebida esportiva pode fazer com que você se sinta com mais energia. Claro que, se você estiver em uma corrida mais longa, vale dar alguns goles e não só bochechá-la.

FAÇA UMA PLAYLIST PODEROSA

Seu poder de tomar boas decisões tende a diminuir conforme você perde energia mental. E uma maneira de recobrar o pique é escutar música. Mesmo que você não queira fazer isso durante toda a corrida, ter músicas ao seu alcance nos últimos quilômetros, quando a força de vontade está diminuindo, te ajuda a focar e a ignorar distrações.

DESCANSE POR CINCO MINUTOS

Dedicar um tempo para restaurar a mente pode te ajudar a encontrar motivação para correr depois de um dia cansativo. Pesquisas confirmam os benefícios de uma rápida sessão de meditação, de uma soneca ou de passar alguns minutos fazendo algo que te faça bem, como assistir a vídeos de gatinhos no YouTube, por exemplo.