Rio ou SP: qual cidade é mais estressante? Ranking alemão revela

Rio e SP entra em ranking de cidades mais estressantes do mundo
Rio e SP entra em ranking de cidades mais estressantes do mundo

Uma empresa a alemã desenvolveu um ranking para classificar as cidades mais estressantes do mundo, baseada em quesitos como trânsito, insegurança, poluição e até mesmo desigualdades sociais – e incluiu Rio de Janeiro e SP nessa lista.

+ Rio de Janeiro quer se tornar polo para nômades digitais
+ São Paulo tem uma das 10 ruas mais legais do mundo
+ 9 artes de rua que capturam a essência de suas cidades
+ As 10 piores cidades do mundo para se viver em 2021
+ Turismo LGBTQ+: conheça 5 cidades LGBTQ+ friendly

De acordo com a VAAY, que é uma farmacêutica especializada em produtos com canabidiol, é possível – veja só! – considerar um empate técnico: o Rio de Janeiro ficou 67º em São Paulo em 68º lugar, com uma diferença pequena de pontos -65,3 contra 64,6.

O que levou São Paulo para uma posição mais baixa no ranking – ou classificou a capital paulista como mais estressante – foi a poluição sonora.  —, mas a taxa de poluição sonora fez cair a média da capital paulista. A nota de 10,5 ‘conquistada pela metrópole nessa categoria, inclusive, é uma das piores de toda a lista.

Ainda de acordo com o ranking, entre as cidades da América Latina, Montevidéu é a mais agradável para se viver. Na 16ª posição, a capital uruguaia chama a atenção pela pontuação máxima recebida no quesito direitos de minorias.

Paz e calmaria

A campeã de tranquilidade no ranking não é uma surpresa: Reykjavik, capital da Islândia e maior cidade do país nórdico ‘ganhou’ nas categorias igualdade de gênero, poluição do ar e poluição sonora. Com nota máxima obtida (100), o município também levou a melhor por conta de sua “estabilidade sociopolítica”.

Na mesma região fria outras duas cidades se destacaram: Helsinki, na Finlândia, e Oslo, na Noruega. Ambas tiraram a nota 100 em direito das minorias e foram consideradas pouco ou quase nada estressantes para se viver.

Stress total e pleno

A indiana Mumbai ficou na lanterna e com o título de cidade mais estressante do mundo – o que também não é exatamente surpresa. Com um das maiores populações do mundo, a cidade é conhecida pelo trânsito caótico, que dominou a pontuação, além de questões sociais conturbadas e polêmicas.

Confira a lista das cidades mais ‘relax’ do mundo: 

1. Reykjavik, Islândia
2. Berna, Suíça
3. Helsinki, Finlândia
4. Wellington, Nova Zelândia
5. Melbourne, Austrália
6. Oslo, Noruega
7. Copenhague, Dinamarca
8. Innsbruck, Áustria
9. Hanover, Alemanha
10. Graz, Áustria

E aqui, a lista das cidades mais estressantes do planeta:

91. Kiev, Ucrânia
92. Jakarta, Indonésia
93. Karachi, Paquistão
94. Moscou, Rússia
95. Kabul, Afeganistão
96. Bagdá, Iraque
97. Nova Deli, Índia
98. Manila, Filipinas
99. Lagos, Nigéria
100. Mumbai, Índia.

Os 16 critérios de avaliação que colocaram Rio e SP entre as cidades mais estressantes do mundo foram separados em quatro categorias:

Governamentais: segurança, igualdade de gênero, direitos de minorias e sócio-política
Municipais: densidade populacional, poluição (sonora, visual e do ar), clima e trânsito
Financeiros: taxas de desemprego, previdência social, quantidade de renda disponível
Bem-estar: acesso à saúde, combate a covid-19 e saúde mental da população

Clique aqui para conferir a lista completa no site oficial da VAAY

-Publicidade-