Karina Oliani, Maximo Kausch e Moeses Fiamoncini atingiram o cume do K2 na madrugada desta quinta-feira (25). Karina e Maximo chegaram ao cume do K2 às 04h40 da manhã, no horário do Paquistão. Moeses chegou ao topo da segunda montanha mais alta do mundo, com 8.611m, localizada no Paquistão, às 6h30 da manhã.

Desta forma, Karina se tornou a primeira mulher brasileira a chegar ao cume do K2. A apresentadora, médica e escaladora já subiu o Everest duas vezes, conquistando o título de primeira mulher sul-americana a escalar a montanha mais alta do mundo por suas duas faces. Sua expedição ao K2 foi acompanhada pelo experiente guia de montanhas Maximo Kausch.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Karina Oliani (@karinaoliani) em

Esta é a quarta montanha acima de oito mil metros que o paranaense Moeses Fiamoncini conquista. Ele está com o projeto pessoal de completar as 14 montanhas acima de oito mil metros e ser o primeiro brasileiro a realizar o feito. Recentemente ele chegou ao cume da montanha Nanga Parbat, e em maio fez o Everest, de 8.848 m.

+ Nepalês faz cume no K2 e estabelece 10ª montanha de 8.000 em três meses
+ Moeses Fiamoncini se torna o primeiro brasileiro a escalar a montanha Nanga Parbat

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por MOESES FIAMONCINI 🇧🇷 (@moesesfiamoncini) em

Os brasileiros partiram para o ataque ao cume com mais outros 15 escaladores durante a madrugada. Karina e Maximo haviam tentado chegar ao cume do K2 na no dia 17, mas quando estavam próximos ao topo, uma avalanche varreu a montanha, ferindo um Sherpa e levando duas das cordas fixas necessárias para prosseguir com o restante da escalada. Todos decidiram abortar a missão e voltar ao campo base até o clima estabilizar e haver uma janela de tempo favorável.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Professional Mountaineer (@maximokausch) em

Os primeiros cumes do K2 deste ano aconteceram ontem com uma equipe formada por cinco Sherpas: Lakpa Dendi Sherpa, Lakpa Temba Sherpa, Nirmal Purja, Chhangba Sherpa e Gesman Tamang chegaram ao cume após 8 horas de subida. Eles também conseguiram fixar as cordas nos pontos mais técnicos.

O K2 está situado na Cordilheira do Karakoran, que é uma extensão da Cordilheira do Himalaia. A montanha faz divisa entre Paquistão e China. O K2 foi apelidado de “A Montanha Selvagem”. A sua dificuldade é resultado dos delicados pilares de gelo e superfícies íngremes e rochosas. Um a cada cinco alpinistas que tentaram chegar ao seu cume faleceu.

Até hoje, o único brasileiro que havia conquistado o cume do K2 era Waldemar Niclevicz, em 29 de julho de 2000.