A vez das mulheres nas poderosas ondas de Pipeline; vídeo

Por Redação

Tyler Wright em ação nos temidos canudos havaianos. Foto: Divulgação/WSL.

A WSL (World Surf League) lançou em seu canal no YouTube um vídeo com os melhores momentos da estreia da elite feminina do Championship Tour nas poderosas ondas de Pipeline.

+ Moana Jones fala como contribui na continuidade da cultura do surf
+ Billabong Pro Pipeline chega às quartas com maioria brasileira

+ Curvy Surfer Girl: movimento apoia a diversidade no surf feminino

Pela primeira vez na história, toda a categoria feminina do CT enfrentou Pipe, considerada a onda mais temida do North Shore de Oahu, Havaí. A disputa aconteceu no último domingo (30).

A etapa marca uma conquista inédita. Além dos prêmios que já são igualitários, agora as mulheres surfarão nos mesmos picos e terão exatamente as mesmas oportunidades que os homens. Essa regra conta a partir do circuito mundial desse ano.

Pipe funcionou com ondas na casa do 1,5 metros, mas acabou perdendo mais tamanho no fim de tarde.

O grande destaque do dia foi Malia Manuel. A havaiana fez bonito ao competir contra a conterrânea Gabriela Bryann e contra a brasileira Tatiana Weston-Webb na primeira fase da competição. Malia arrancou a maior nota do dia, um 8.17 com um tubo bem profundo e longo para Backdoor.

No entanto, no vídeo feito pela WSL muitos outros nomes aparecem. Além de Malia, Carissa Moore, Moana Jones, Tyler Wright e a novata de 16 anos, Sakura Johnson, também surpreenderam nas baterias.

Aperte o play e confira o vídeo com os melhores momentos da estreia feminina em Pipe:

-Publicidade-